Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Na Rússia, rio fica misteriosamente vermelho

de Merelyn Cerqueira 0

O rio Daldykan, que flui pela cidade siberiana de Norilsk, um centro industrial onde as temperaturas nunca estiveram acima dos 0°C durante o inverno, recentemente ficou vermelho-sangue.

 

As fotos do caso chamaram a atenção na internet desde que foram publicadas em uma rede social russa chamada Vkontakte (VK).

rio-vermelho,jpg
© Liza Udilova / Greenpeace

Até o momento, ninguém sabe ao certo o que causou a mudança de cor, embora algumas pessoas estejam culpando uma indústria local. Aparentemente, não é a primeira vez que algo assim acontece. Um incidente semelhante foi relatado em 2014, segundo informações do IFLScience.

O rio em questão corre ao lado de uma fábrica metalúrgica, a Norilsk Nickel – considerada a maior processadora de níquel do mundo. Um porta-voz da empresa disse em entrevista ao Siberian Times que a situação está sendo investigada, mas que não tem informações sobre vazamentos em tubulações.

 

Em entrevista ao jornal The Guardian, Denis Koshevoi, do Instituto Vernadsky de Geoquímica e Química Analítica, disse que a fábrica utiliza tubos para bombear o metal concentrado e barragens de soluções químicas. Logo, uma ruptura na tubulação seguida de vazamento poderia explicar a cor vermelha do rio.

 

Em um comunicado, o governo russo também afirmou que uma possível causa de poluição do rio poderia estar de fato associada à fábrica Norilsk Nickel e que iniciaria uma investigação formal para avaliar as origens da contaminação e danos ao Meio Ambiente.

[ IFL Science ] [ Foto: Reprodução / Ifl Science ]

Jornal Ciência