Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Indiana abandonada pelos pais por causa de tumor facial gigante passa por cirurgia para mudar de vida

de Merelyn Cerqueira 0

Simaria Singh, de 15 anos, foi abandonada pelos pais e forçada a viver como Dalit (uma casta inferior na sociedade local) em Khandwa, Madhya Pradesh, na Índia.

Diagnosticada com meningoencefalocele, ela foi encontrada em dezembro passado mendigando pelas ruas da cidade por um ativista dos direitos infantis, Rajesh Shukla, de 43 anos.

Com a ajuda dele, Simaria conseguiu passar por uma cirurgia para remover o gigante tumor do rosto. Agora, seus pais esperam que ela volte para casa após receber alta do hospital.

Simaria sofria dores constantes e era recusada pelas pessoas, de modo que ninguém queria sentar ao seu lado durante as refeições. Parcialmente cega do olho esquerdo, ela foi privada de amor durante toda a vida.

indiana-tumor

Ela foi encontrada por Shukla, que trabalha em colaboração com a casa Bal Sakha Ashram, no dia 21 de dezembro de 2017, que contatou os médicos locais e se ofereceu a pagar R$ 2.300 para a cirurgia que custaria R$ 6.600.

Assim, ela deu entrada no Hospital de Bombay onde passou por uma operação de sete horas para remover o crescimento de 272 gramas. 

“Ainda estamos à espera dos relatórios, mas parece que ela estava sofrendo de uma condição congênita em que o crânio tinha um defeito e o líquido do cérebro começou a escorrer através da cavidade nasal, formando um tumor nos ossos frontal e nasal”, explicou o neurocirurgião Dr. Prashant Newalkar.

“É uma condição congênita e a detecção precoce durante a gravidez é possível, mas parece que, no caso dela, sua mãe não passou por uma ultrassonografia”.

indiana-tumor_1

“Realizamos a cirurgia em que fechamos o defeito no crânio”, disse. A taxa de sucesso é muito alta nestas operações com chance de recorrência de apenas um por cento, mas esperamos que ela possa levar uma vida saudável agora”.

A família de Simaria espera que a adolescente, que receberá alta do hospital em 10 dias, volte para casa. No entanto, ela ainda precisará passar por mais algumas cirurgias para corrigir sua desfiguração facial e ajudar a restaurar sua visão.

“Isto não é nada além de um milagre”, disse Shukla. “Ela está extremamente feliz e a primeira pergunta que me fez foi se poderia se casar agora”.

indiana-tumor_2

“A menina foi privada de amor e cuidados durante toda a vida”, disse. “Ela foi obrigada a deixar sua casa em outubro devido às provocações constantes de seus pais. Por dois meses, ela mendigou nas ruas por comida. A família é extremamente pobre. Seu pai, Jagannath Singh, é um trabalhador assalariado e sua mãe, Mudra Devi, é uma dona de casa que cuida dos outros sete filhos”, disse o ativista.

Segundo ele, o pai teria dito que não tinha dinheiro para tratar a filha e, por isso, muitas das vezes, sentia pena dela. Porém, revelou estar mais do que feliz em poder levá-la para casa.

“No entanto, esperamos manter Simaria conosco até que ela fique completamente bem e então vamos deixar a decisão com ela, disse Shukla. “Se desejar continuar a viver conosco, a casa Bal Sakha Ashram a aceitará de bom grado”.

Fonte: Daily Mail Fotos: Reprodução / Daily Mail

Jornal Ciência