Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Homem fica à beira da morte após uma aranha picá-lo em banheiro público, apodrecendo suas pálpebras e orelha

de Bruno Rizzato 0

Um peruano está lutando por sua vida após ser mordido por uma das aranhas mais venenosas do mundo em um banheiro público.

Orlando Jimenez, de 31 anos, está sofrendo de insuficiências renal e hepática, e as toxinas também fizeram seu olho e sua orelha apodrecerem. Ele está sendo tratado por médicos do Hospital Honorio Delgado Espinoza, em Arequipa, no sul do Peru.

Loxosceles-aranha-venenosa

Seus pais não possuem condições financeiras para manter diálise, transfusões e outros medicamentos que ele precisa receber. Eles criaram uma página no Facebook chamada “Help Chamo” – que é o seu apelido – para pedir apoio financeiro. Eles divulgaram um vídeo dele semiconsciente, respirando através de um tubo em sua cama de hospital para destacar sua situação. A filmagem mostra suas orelha e pálpebra enegrecidas.

Sua mãe disse que aranha caiu sobre ele e mordeu sua orelha esquerda. Dentro de minutos, sua saúde se deteriorou, e ele foi levado para um centro de saúde local, onde recebeu um antídoto. Mas sua condição piorou e ele, está agora, em uma unidade de terapia intensiva.

peruano-picada-de-aranha

Os médicos acreditam que ele foi mordido por uma aranha-reclusa chilena, do gênero Loxosceles, uma das mais mortais no mundo. A variedade do Chile é considerada a mais perigosa das aranhas-reclusas e seu veneno pode causar reações alérgicas graves e até mesmo a morte.

[ Daily Mail ] [ Foto: Reprodução / Daily Mail ]

Jornal Ciência