Curitiba pode proibir o uso de fogos de artifício

de Gustavo Teixera 0

Nas festas de fim de ano, é muito comum que as pessoas comemorem o Natal e a chegada do Ano Novo com fogos de artifício. Para os cachorros, que possuem uma audição muita aguçada, o barulho dos explosivos é aterrorizante e pode prejudicar muita a saúde dos animais.

curitiba-pode-proibir

Pensando nisso, a vereadora de Curitiba, Fabiane Rosa, que foi eleita pelo PSDC, já protocolou, em seu segundo dia de trabalho, um projeto de lei que proíbe o uso de fogos de artifício na cidade.

Há relatos sobre grandes bandos de aves que perdem a referência com os estouros dos artefatos pirotécnicos. E até mesmo com as luzes emitidas durante os espetáculos, que têm se caracterizado por implementos excessivos e cada vez mais agressivos e em locais inadequados. Os animais domésticos chegam a óbito por sustos e medo desenvolvido pela ação descabida e sem limite da população humana”, disse Fabiane no texto da proposta de lei.

Para ser mais democrática, Fabiane quer que seja realizado uma audiência pública sobre o tema no próximo mês bem como está discutindo, com outros vereadores, a importância de seu projeto. Curitiba não será a primeira e única a proibir os fogos de artifício: Campinas, Ubatuba e a cidade de São Manuel em São Paulo, já proibiram completamente os fogos que, não somente prejudicam os animais, mas também idosos, pessoas doentes e crianças com autismo.

[ Hypeness ] [ Foto: Reprodução / Hypeness ]

Jornal Ciência