Polícia liberta 13 irmãos que eram mantidos em cativeiros pelos próprios pais na Califórnia

de Merelyn Cerqueira 0

Uma jovem de 17 anos afirmou ter sido mantida em cativeiro por seus pais em sua própria casa em Perris, na Califórnia, a sudeste de Los Angeles, nos EUA.

Ela conseguiu escapar no último domingo (14), de modo que alertou as autoridades sobre os 12 irmãos, que foram resgatados. A maioria deles foram encontrados presos às camas e desnutridos, segundo informações do The New York Times.

A jovem usou um telefone celular que encontrou na casa para alertar a polícia. Chegando lá, a polícia encontrou os 12 irmãos – com idades 2 a 29 anos – presos em um cômodo malcheiroso da casa. Eles estavam sendo mantidos presos pelos pais, David Allen Turpin, 57 anos, e Louise Anna Turpin, 49, no escuro, sem acesso a alimentos ou água. Algumas das crianças foram encontradas presas com correntes e cadeados.

1-imagem-mostra-um-dos-ultimos-momentos-em-familia-registrados-no-facebook-em-2016_1

“Os pais não conseguiram fornecer imediatamente uma razão lógica do motivo de seus filhos terem sido presos dessa maneira”, disse o departamento do xerife do condado de Riverside em um comunicado.

Os policiais não reconheceram imediatamente que sete dos 13 irmãos eram adultos, uma vez que estavam desnutridos.

Já a garota de 17 anos que fez a denúncia parecia ter 10 anos de idade. Os pais foram presos e acusados de nove crimes, incluindo tortura e abandono de incapazes, com fiança fixada em 9 milhões de dólares cada.

As autoridades não informaram por quando tempo os irmãos foram mantidos em cativeiro. No entanto, uma vez resgatados, foram propriamente alimentados e transportados para um hospital para avaliação. 

Segundo o NYT, registros da Califórnia mostram que Turpin recebeu uma aprovação do estado para administrar uma escola particular, a Sandcastle Day School, na casa da família. No entanto, apenas seis alunos estavam matriculados.

1-imagem-mostra-um-dos-ultimos-momentos-em-familia-registrados-no-facebook-em-2016_2

A casa, que era localizada em um bairro onde os moradores frequentemente realizam atividades nas ruas e as crianças brincam em um parque infantil próximo, os Turpins se destacavam por nunca serem vistos. Dennis Cooke, um dos vizinhos, e que vive a dois quarteirões de sua casa, disse que normalmente via os pais, mas nunca os irmãos.

Outro vizinho, Roberto Gomez, que vive atrás dos Turpins, disse que a família mantinha as luzes de casa acesas durante todo o dia e, aparentemente, nunca saíam de casa. Já o vizinho Julio Reyes, afirmou que no ano passado viu alguns dos adolescentes cortando a grama do quintal e ajudando a colocar as decorações de Natal.

Eles parecem muito normais“, disse Reyes. “Casa normal e com bons carros. Mas acho que era apenas para manter aparência”.

Os Turpins se mudaram do Texas para a Califórnia em 2010. No entanto, no ano seguinte declararam falência, uma vez que deviam mais meio milhão de dólares. À época, David trabalhava como engenheiro da empresa aeronáutica e tecnologia de defesa Northrop Grumman.

Em uma foto no Facebook dos pais era possível ver uma foto do dia em que David havia voltado a trabalhar para a NG, bem como uma foto deles com 12 filhos, uma vez que o mais novo ainda não tinha nascido. 

“Todos os 12 são nossos filhos e estamos muito orgulhosos deles”, responderam os Turpins a um dos comentários na foto.

Fonte: NY Times Fotos: Reprodução / NY Times

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.