Mulher que parecia grávida teve tumor de 35 kg removido do ovário

O volume em sua barriga era tão grande que muitos da cidade imaginavam que ela estivesse grávida de trigêmeos

de Merelyn Cerqueira 0

tumor ovariano

Uma mulher de 59 anos, de Shuangyashan, província de Heilongjiang, na China, identificada apenas como Huang, teve um tumor de 35 kg removido de seu ovário.

Aparentando estar grávida de trigêmeos, ela foi levada às pressas ao Hospital Harbin Medical University, em Heilongjiang, depois de sentir dificuldades de respirar. Após a remoção do tumor, os médicos identificaram-no como um Cistodenoma Mucinoso Ovariano Benigno.

O crescimento tumoral, composto por cerca de 33 litros de um líquido grosso e marrom (chamado de mucina), estava tomando conta de toda a cavidade abdominal da paciente, bem como bloqueando órgãos como fígado, baço e rins.

Foto mostrando a quantidade de mucina e outros líquidos retirados do tumor durante a cirurgia.

O professor Li Peiling, do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia do hospital, disse à impresa que em 38 anos de profissão, nunca havia visto um tumor tão grande.


“Ela era magra como uma bengala, mas sua barriga era muito grande, como se estivesse grávida de gêmeos ou trigêmeos”, acrescentou o médico.


Huang disse aos médicos que não conseguia mais dormir deitada, e só conseguia dormir sentada se usasse um travesseiro para apoiar suas costas.

Segundo sua filha, que não foi identificada pela reportagem do jornal britânico Daily Mail, o tumor cresceu porque a mãe se recusou a procurar atendimento médico quando notaram que sua barriga começou a inchar. Posteriormente, e somente quando começou a experimentar problemas respiratórios, buscou ajuda.

A aparência da paciente antes de chegar ao hospital.

Por ser de origem humilde, Huang não conseguiria pagar os custos com tratamento e cirurgia, já que na China a saúde não é gratuita e uma operação pode custar milhares de dólares. O procedimento de retirada foi realizada pelo Dr. Li e seu colega Dr. Jiang Jing, em um procedimento que durou mais de uma hora.

Segundo o hospital, Huang passou 24 horas em terapia intensiva antes de ser transferida para o quarto. Ela continua sua recuperação.

Huang está em processo de recuperação.

De acordo com Dr. Li, tumores ovarianos são as formas mais comuns de tumores benignos encontrados em mulheres, embora também possam ser cancerosos.

Em conclusão, ele observou que crescimentos como o Cistoadenoma Mucinoso Ovariano Benigno podem aparecer em qualquer idade e nem sempre são tão óbvios, sendo frequentemente descobertos quando começam a pressionar outros órgãos, causando desconforto, já que nem todas as mulheres possuem aparência de “grávida” quando desenvolvem este tipo de tumor.

Fonte: Daily Mail Fotos: Reprodução / Daily Mail

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.