China: Enorme rebanho de ovelhas está andando em círculos há 12 dias e intriga cientistas; veja vídeo

A fazenda possui 34 currais, mas apenas o curral número 13 está apresentando o “fenômeno”; cientistas acreditam ser uma bactéria, mas não existe explicação oficial. Jornal estatal chinês nega doença

de Redação Jornal Ciência 0

Dezenas de ovelhas estão andando estranhamente em círculos há 12 dias seguidos, na Mongólia Interior, norte da China.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

O comportamento bizarro, capturado em vídeo de vigilância da fazenda, mostra o grande rebanho caminhando continuamente no sentido horário em um círculo quase perfeito.

Algumas ovelhas podem ser vistas observando de fora da rotação, enquanto outras, às vezes, ficam imóveis no centro — especialistas em ovinos não sabem explicar este comportamento.

O vídeo da cena tornou-se viral no Twitter na última quarta-feira (16/11) após o jornal estatal chinês People’s Daily, fazer a publicação junto com as informações em uma reportagem afirmando que o comportamento já durava dias.

O jornal do governo chinês afirma que as ovelhas estão em perfeito estado de saúde, mas confirma que a causa para o comportamento permanece um mistério.

A proprietária da fazenda, em entrevista ao jornal britânico Metro UK, disse que apenas algumas ovelhas começaram a andar em círculos, e então todo o rebanho do curral número 13 resolveu se juntar e imitar o comportamento.

Dos 34 currais existentes na fazenda, apenas o curral 13 está apresentando ovelhas com este fenômeno de caminhadas circulares.

O New York Times disse que as ovelhas estão andando há 12 dias, com registros em vídeo, mas não informou se há registros que mostrem se elas param para comer e beber. Não está claro se estão andando até que morram de exaustão.

O vídeo atingiu especialistas de todo o mundo. Alguns acreditam que o comportamento das ovelhas poderia ser causado por uma doença bacteriana chamada Listeriose — também conhecida como “doença circular”.

“Inicialmente, os animais afetados ficam anoréxicos, deprimidos e desorientados. Eles podem se lançar para os cantos, apoiar-se em objetos parados ou andar de forma circular”, de acordo com o Manual Merck.

A Listeriose é causada pela bactéria Listeria monocytogenes, mas como o governo do país informou através de seu veículo de comunicação que as ovelhas estão saudáveis, não está claro se realmente é uma infecção por estas bactérias.

A grande questão sobre a hipótese da Listeriose é que os animais afetados, como ovinos e caprinos, morreram em um prazo de 24 a 48 horas após apresentarem os primeiros sintomas da infecção, o que é incompatível com o tempo de 12 dias em que as ovelhas circulam. Confira o vídeo abaixo:

Fonte(s): The Sun / Hindustan Times / New York Times Imagem de Capa: Twitter

Jornal Ciência