Duas das aranhas mais perigosas do mundo travam uma batalha neste vídeo!

de Gustavo Teixera 0

Duas das aranhas mais perigosas do mundo, a aranha-teia-de-funil e aranha-das-costas-vermelhas, cujos venenos são altamente tóxicos, foram vistas brigando.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Podíamos até pensar que as aranhas não representavam perigo para suas semelhantes, mas isso não parece ser verdade. Um internauta filmou o momento em que os dois aracnídeos lutavam por um eixo de ventilação na parte de fora da sua casa, na Austrália.

O vídeo mostra a aranha-das-costas-vermelhas (Latrodectus hasselti) tentando atingir as patas de sua adversária que estava emaranhada na teia. Fingindo estar morta, a aranha-teia-de-funil (Atrax robustus), não se move, fazendo com que sua adversária perca o interesse.

A aranha-teia-de-funil permanece imóvel na teia, tentando se livrar da rival, mas o homem que filma a batalha mexe nela com uma vara, e ela começa a mover suas pernas.

O proprietário da casa disse que colocou a aranha-teia-de-funil em um frasco a liberou na natureza, em segurança. A aranha-teia-de-funil é considerada a segunda mais letal do mundo, perdendo apenas para aranha-armadeira (do Brasil) cujo veneno mortal é 20 vezes mais tóxico que o da aranha-das-costas-vermelhas, e causa reações dolorosas de quatro horas nas vítimas.

As aranhas-teia-de-funil têm as presas maiores e mais afiadas de que algumas aranhas, podendo até rivalizar com algumas serpentes pequenas, pois podem perfurar até couro de sapato.

Ao contrário da maioria das espécies de aranhas, elas são agressivas e, se ameaçadas, irão proferir uma série de mordidas, garantindo que uma dose alta de veneno seja injetada.

As aranhas-das-costas-vermelhas também possuem um dos venenos mais perigosos entre as aranhas, mas geralmente representam um perigo maior para as crianças, já que suas presas enfrentam dificuldades para penetrar a pele adulta. Elas caçam outras aranhas como alimento, mas tipicamente não desafiam criaturas tão grandes quanto uma aranha-teia-de-funil.

[ Daily Mail ] [ Foto: Reprodução / Daily Mail ]

Jornal Ciência