TOP 7 alimentos que combatem o mau hálito

de Gustavo Teixera 0

1 – Ervas frescas

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

mau-halito_02

Alguns tipos de ervas frescas podem ajudar a eliminar o mau hálito. A mais conhecida delas é a salsa, mas outras, como hortelã, coentro e alecrim também ajudam. Para elas fazerem efeito, basta mastigá-las, utilizá-las em um enxague bucal e até mesmo fazer um chá.

 

2 – Iogurte

mau-halito_03

Um dos causadores do mau hálito é o sulfureto de hidrogênio, e uma dose diária de iogurte pode ajudar a diminuir o nível dele. Iogurtes com pouco açúcar refinado e lactobacilos são mais eficazes no combate ao mau hálito.

 

3 – Maçã e frutas crocantes

mau-halito_04

A saliva faz com que a boca seja lavada naturalmente, e frutas crocantes, como a maçã, aumentam a produção de saliva. Ingerir frutas e verduras crocantes evita acumular as bactérias que causam o mau hálito.

 

4 – Gengibre

gengibre

Além de ser bom para a digestão, o gengibre pode ser usado para evitar o mau hálito, basta fazer um enxague bucal com gengibre, limão e água morna.

 

5 – Pimentão e alimentos ricos em vitamina C

mau-halito_06

Além de combater a gengivite, a vitamina C ajuda com o mau hálito. Alimentos como pimentão, mamão ou laranja, que são ricos em vitamina C, afastam o mau hálito.

 

6 – Chá verde

mau-halito_05

O chá verde também pode ser benéfico nesse aspecto, ao contrário do café, cujos ácidos e enzimas causam mau cheiro na boca. Além de acabar com as bactérias da cárie, o chá verde deixa o hálito mais ameno.

 

7 – Sementes de erva-doce

mau-halito_07

Sementes de erva-doce são boas para neutralizar o mau hálito, já que elas entram no item 2 dessa lista, os alimentos crocantes. Além de ser bom para o sistema digestivo como um todo, o óleo da semente de erva-doce tem propriedade antibacteriana.

[ MNN ] [ Fotos: Reprodução / Life Hacker / Pixabay / Pixabay / Pixabay ]

Jornal Ciência