Você sabe o que significa este símbolo encontrado em embalagens de alimentos?

de Merelyn Cerqueira 0

Os símbolos que encontramos nas embalagens certamente foram colocados ali por motivos importantes.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Mas, a verdade é que nem todo mundo presta atenção neles na hora das compras, uma vez que cores e sabores são os primeiros elementos a serem considerados. A exemplo disso temos um pequeno e estranho símbolo – uma letra “U” envolta em um círculo – impresso em embalagens de alimentos. Você sabe o que ele significa?

simbolo-misterioso-nas-embalagens_2

Primeiramente, o que você precisa saber é que as empresas alimentícias devem identificar seus produtos com símbolos, uma vez que eles passam por uma série de testes de qualidade que determinam se estão de acordo com regras associadas aos inúmeros tipos de alimentação existentes. Dito isto, o símbolo “U” (ou “OU”) designa do termo “Orthodox Union” (União Ortodoxa). Chamado de Hechsher, ele basicamente comprova que um produto possui certificação Kosher.

simbolo-misterioso-nas-embalagens_3

Considere que existem diversos tipos de alimentação, e algumas delas podem ser baseadas em questões religiosas, filosóficas ou ambientais. A Kosher, em especial, fala sobre alimentos que são preparados de acordo com preceitos judaicos, ou como são chamadas, leis de Kashrut, descritas no livro sagrado da religião, o Torá.

simbolo-misterioso-nas-embalagens_4

De acordo com a Associação Israelita de Beneficência Beit Chabad do Brasil, “as leis da Kashrut são normas de alimentação que envolvem seleção da matéria-prima, abate de animais, higienização, cuidados na manipulação, preparo e consumo de alimentos e uso de determinados utensílios, específicos para cada grupo de alimentos”.

Além de requerer muita higiene e disciplina na produção ou extração de um alimento, entre as regras da alimentação Kosher mais importantes, está a de que as carnes consumidas dever ser de animais ruminantes com casco bifendido. Eles dever ser abatidos sem que reste quaisquer resíduos de sangue. Além disso, os praticantes da dieta nunca podem ingerir alimentos cárneos acompanhados de laticínios e ovos. Por esse motivo, deve-se inclusive separar os talheres culinários utilizados durante o preparo da comida.

Apesar do símbolo identificar um tipo de alimentação baseado na religião, ele de fato garante que o produto foi rigorosamente inspecionado e higienizado, uma vez que a produção levou muito a sério a questão da saúde. Agora, quando você identificar o símbolo no alimento, além de saber que é uma garantia de que pode ser consumido por judeus, também terá a certeza de que ele passou por rigorosas normas de qualidade.

 [ Relva Verde / Dnepr Press ] [ Fotos: Reprodução / Dnepr Press ]

Jornal Ciência