Por que algumas pessoas têm manchinhas brancas nos dentes?

de Merelyn Cerqueira 0

Já sabemos que dentes brancos e saudáveis são a base para um sorriso perfeito. No entanto, áreas invulgarmente descoloridas no esmalte podem impedir que isso aconteça.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

De acordo com a Colgate, há uma série de razões para que elas ocorram, incluindo a interrupção do processo de desenvolvimento dos dentes, a presença de ácidos bacterianos – que podem dissolver o esmalte – e a fluorose – que ocorre em razão do uso de altas quantidades de flúor. Independente da causa, ela pode ser tratada por dentistas, e o resultado é bastante natural.

Fluorose

Ocorre quando são ingeridas grandes quantidades de flúor. Tem como fontes mais comuns a água, quando excessivamente fluoretada, determinados suplementos e cremes dentais enriquecidos com o composto.

o-que-sao-aquelas-manchinhas-no-dente_01

Em teoria, o flúor deveria ajudar os dentes a se tornaram mais resistentes à decomposição, mas, quando consumido em excesso, pode causar a descoloração do esmalte, resultando em manchas brancas, amarelas ou marrons.

Hipoplasia do esmalte

Ocorre em razão de deficiências nutricionais, febre alta, efeitos colaterais de medicamentos, bem como em bebês prematuros e os que nasceram de mães que fumaram durante a gravidez.

Em uma pesquisa publicada pela Caries Research, cientistas sugerem que a áreas de hipoplasia do esmalte são menos mineralizadas e por isso, mais propensas a decaírem. As manchas no esmalte, embora sejam mais lineares, são semelhantes às causadas pela fluorose, variando entre branco, marrom ou amarelo.

Desmineralização

Ocorre quando placa bacteriana se acumula nos dentes, em razão da escovação inadequada. É um problema frequente entre adultos e crianças que usam aparelhos. As áreas brancas descalcificadas são permanentes e, de acordo com a Academia Americana de Odontologia, tendem a piorar se os dentes não forem limpos adequadamente.

Tratamentos

Há uma série de tratamentos que podem ajudar, dependendo da gravidade da condição. Um primeiro, chamado de microabrasão, consiste na remoção de uma fina camada de esmalte para que a aparência natural dos dentes seja devolvida. Um segundo, é o conhecido clareamento dental, que ajudará a equilibrar a cor do esmalte. Por fim, há as facetas de porcelana, recomendadas para pessoas cujas manchas são mais significativas. Neste caso, finas camadas de um material cerâmico, de menos de um milímetro, são aplicadas sobre os dentes. O resultado é uma aparência bem natural. 

o-que-sao-aquelas-manchinhas-no-dente_03

Prevenção

Para quem planeja ter um bebê, é essencial conversar com um especialista sobre o adequado consumo de flúor ou medicamentos que possam interferir na dentição da criança. Para os menores de seis anos, o ideal é administração de pequenas quantidades de pasta de dentes. Já para os que usam aparelho, a escovação regular é a chave, mas para obter proteção extra, vale pedir ao dentista uma remineralizarão da área afetada.

[ COLGATE ] [ Fotos: Reprodução / Eltorico / LAJOLLADENTAL ]

Jornal Ciência