NASA anunciará uma grande descoberta “além do nosso Sistema Solar”

de Julia Moretto 0

Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

A nova descoberta “além do nosso Sistema Solar”será anunciada em uma conferência de imprensa. A transmissão ao vivo começa na NASA TV, 13:00 ET (15:00 Horário de Brasília) nesta quarta-feira, 22 de fevereiro.

 

Os cientistas encontram novos exoplanetas a todo instante. Porém, considerando a postura da NASA em relação a este, alguns especulam que ele poderia hospedar vida. A última vez que um anúncio exoplaneta teve esse sucesso foi quando a Organização Espacial Europeia confirmou a descoberta do Proxima Centauri b – mais conhecido como Proxima b – umplaneta parecido com a Terra em nosso sistema vizinho, Alpha Centauri.

 

Infelizmente, a habitabilidade de Proxima b gerou algumas dúvidas. Mas o fato de que o planeta poderia ser visitado nos próximos 50 anos significa que ainda é um alvo significativo para futuras missões. Este último anúncio da NASA poderia oferecer algo ainda mais interessante. Segundo a NASA, a conferência de imprensa “apresentará novas descobertas em planetas que orbitam estrelas diferentes do nosso Sol, conhecidos como exoplanetas”. Detalhes da descoberta também serão publicados na Nature.

 

O público pode fazer perguntas durante o briefing no Twitter usando a hashtag #askNASA. E às 15:00 ET (17:00 Horário de Brasília), após o briefing, os participantes vão para o Redditrealizar um “Ask Me Anything” ­(“Pergunte-me qualquer coisa”) em inglês e espanhol.

 

Os participantes são:

– Thomas Zurbuchen, administrador associado da Direção da Missão Científica na sede da NASA em Washington;

– Michael Gillon, astrônomo da Universidade de Liege na Bélgica;

– Sean Carey, gerente do Centro de Ciências Spitzer da NASA em Caltech / IPAC, Pasadena, Califórnia;

– Nikole Lewis, astrônoma do Instituto de Ciência do Telescópio Espacial em Baltimore;

– Sara Seager, professora de Ciência Planetária e Física no Massachusetts Instituteof Technology, Cambridge;

[ Science Alert ] [ Fotos: Reprodução / Science Alert ]

Jornal Ciência