Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Imagens sugerem que Vênus possa ter vulcões ativos

de Merelyn Cerqueira 0

Ao que se sabe, Vênus possui o maior número de vulcões do que qualquer outro planeta do nosso Sistema Solar. No entanto, não era de conhecimento da Ciência que qualquer um deles pudesse estar ativo atualmente.

Recentemente, pesquisadores combinaram dados coletados na década de 90, pela sonda Magellan, da NASA, com as da Venus Express, da Agência Espacial Europeia, para encontrar evidências recentes de fluxo de lava. O estudo mostrou que pelo menos um deles entrou em erupção nos últimos tempos, podendo até estar ativo nos dias atuais. Agora, os pesquisadores esperam que a descoberta ajude com futuros projetos de exploração do lugar, segundo informações do jornal Daily Mail.

vulcoes-de-venus_02

Os dados de ambas as sondas reunidos entre os anos 2006 até 2014 forneceram uma grande quantidade de informações sobre a superfície e atmosfera do mais próximo vizinho da Terra. Entre elas, o mapeamento do hemisfério sul de Vênus feito por infravermelho. Porém, a cobertura de nuvens permanentes limitou a esquematização.

Para neutralizar isso, os pesquisadores do Centro Aeroespacial Alemão (DLR) usaram um método numérico baseado em dados de radar recolhidos pela sonda Magellan, da NASA, no início dos anos 1990, para aumentar esses limites.

vulcoes-de-venus_03

A partir daí a equipe descobriu anomalias na emissividade (medida de capacidade de um objeto de emitir energia infravermelha) em torno do flanco superior e oriental do vulcão Idunn Mons – de pico localizado no hemisfério sul de Vênus com base de 200 quilômetros de largura. Tais anomalias forneceram uma forte indicação de fluxos geologicamente recentes na área.

Esta é a primeira vez que, combinando conjuntos de dados de duas diferentes missões, cientistas puderam realizar um mapeamento geológico de alta resolução de uma estrutura vulcânica recentemente ativa em uma superfície planetária além da Terra.

Os resultados do estudo foram apresentados na 48ª reunião conjunta entre a Divisão de Ciências Planetárias da Sociedade Astronômica Americana, e Congresso Europeu de Ciências Planetárias, realizadas em Pasadena, na Califórnia.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ] 

Jornal Ciência