Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Facebook anuncia mudança para dar ao usuário mais controle sobre o algoritmo

Novo design inclui alterações em três opções no topo da página: “Home”, “Favoritos” e “Recentes”.

de Thuany Motta 0

O Facebook anunciou que fez uma mudança no próprio design para incluir uma barra de filtro de conteúdo que permite ao usuário escolher quais mensagens deseja ver, ao invés do algoritmo tomar essa decisão.

Em uma postagem no blog corporativo da empresa, o vice-presidente de Assuntos Globais do Facebook e ex-vice-primeiro-ministro do Reino Unido, Nick Clegg, divulgou que o novo design, inclui três opções no topo da página: “Home”, “Favoritos” e “Recentes “

Se for escolhida a primeira opção, o internauta continuará a ver os conteúdos como antes, escolhidos pelo algoritmo com base em seus supostos interesses e gostos com base em seu histórico de navegação na plataforma, sistema que cada vez mais recebe críticas por seu potencial para criar bolhas sociais e reforçar a polarização política.

Por outro lado, se o usuário escolher a opção “Favoritos”, apenas as mensagens de amigos e páginas que a rede social considere mais “importantes” para ele aparecerão e, então, poderá adicionar e deletar manualmente todas as que quer, para que possa decidir o que quer ver e o que não quer ver.

A última seção, “Recentes”, apresenta todos os conteúdos obedecendo a um critério estritamente cronológico, para que o algoritmo não intervenha de forma alguma e o que seja considerado de maior interesse para cada utilizador não seja priorizado.

O novo design aparecerá hoje para quem usa Facebook em celulares com sistema operacional Android e nas próximas semanas para quem usa iOS.

“O usuário deve ser capaz de entender melhor como funcionam os algoritmos e por que tomam cada decisão, e também deve ser capaz de ter mais controle sobre o conteúdo que é mostrado a eles”, escreveu Clegg.

Ele intitulou sua postagem no blog “Você e o algoritmo: são precisos dois para dançar um tango”.

Fonte(s): BIO BIO Imagens: Reprodução / Shutterstock

Jornal Ciência