EUA divulgam vídeo de aparição óvnis e admitem programa secreto de U$ 22 milhões

de Merelyn Cerqueira 0

Segundo informações reveladas pelo jornal The New York Times, o Departamento de Defesa dos EUA (DOD) manteve por anos um programa de 22 milhões de dólares (aproximadamente R$ 73 milhões) para a observação de objetos voadores não identificados.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Intitulado “Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais”, o projeto foi financiado entre os anos de 2007 e 2012, e comandando por uma autoridade militar localizada no quinto andar do Pentágono.   

Segundo informações da BBC, recentemente, foram divulgadas na internet pelo DOD imagens gravadas em 2004 por um piloto de jato. No vídeo é possível ouvir um diálogo entre pilotos que identificam um objeto voador como um drone. No entanto, eles logo são surpreendidos por “uma frota” deles, que voavam contra o vento.

Embora o próprio governo norte-americano tenha divulgado o vídeo, cientistas atestam que as imagens não necessariamente são um indicativo de vida alienígena. Ao que se sabe, o programa em questão teria sido criado pelo senador à época, Herry Reid, hoje aposentado, e apenas um pequeno grupo de pessoas tinha conhecimento dele.

“Não tenho que me desculpar. Eu fiz isso”, disse ele em entrevista ao NYT. “Eu fiz algo que ninguém tinha feito antes”. Reid é de Nevada, estado onde está localizada a controversa Área 51, uma base secreta da força aérea norte-americana que já foi centro de muitas teorias da conspiração envolvendo alienígenas.

“Se a América não assumir a liderança em responder a essas perguntas, outros irão”, escreveu ele em sua conta no Twitter, afirmando que o programa era um esforço científico sério e de segurança nacional.

Embora o financiamento do programa tenha sido cortado em 2012, os EUA nunca deixaram de analisar fenômenos aéreos atípicos, de modo que o faz por meio de diferentes agências federais.

Este ano, a CIA surpreendeu o mundo ao lançar na internet milhões de documentos sigilosos, atualmente desclassificados, sobre registos de óvnis e discos voadores.

Fonte: BBC / The Telegraph Fotos: Reprodução / BBC

Jornal Ciência