Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

“Dedos do diabo”, veja o cogumelo que parece ter saído de um filme de terror

de Gustavo Teixera 0

Dê uma olhada neste horrível cogumelo. Trata-se de um fungo Clathrus archeri, em inglês conhecido por algo como “fungo faloide” ou “dedos do diabo”, ele foi visto crescendo na cidade de New Forest, sul da Inglaterra.

A imagem abaixo é o estágio do saco do ovo, com os longos “dedos” vermelhos exalando um cheiro muito ruim. A maioria dos fungos brota da terra, mas o cogumelo em questão sai de um ovo, geralmente próximo a aparas de madeira em decomposição, ou folhas. Muitas vezes os ovos, úmidos e gelatinosos são encontrados em grupo. Têm em torno de 4 a 6 centímetros de altura e 2 a 4 centímetros de largura.

dedo-do-diabo_02

Os cogumelos são nativos da Nova Zelândia e da Austrália, tendo chegado à Europa em 1914. Acredita-se ter sido introduzido inicialmente na França através de suprimentos militares durante o início da Primeira Guerra Mundial.

dedo-do-diabo_01

Foi encontrado nas cidades inglesa de Penzance, Cornualha, e pouco depois disso, partes do condado de Sussex. Desde então tem sido encontrado também nas cidades britânicas de Bedfordshire, Hampshire, Kent, Suffolk, Surrey e nas Ilhas Anglo-Normandas.

À medida que o cogumelo amadurece, quatro hastes que parecem tentáculos estouraram o saco, crescendo até cerca de 5 a 10 centímetros de comprimento. Os quatro “dedos” são cobertos por uma mancha verde, chamada gleba, que atrai moscas. O fungo não é realmente carnívoro, porém cobre as moscas em gleba e as transforma em agentes de dispersão. O cogumelo exala um cheiro extremamente forte, semelhante ao cheiro de carniça, o que a afasta qualquer um dos animais que tentariam comê-lo.

Apesar de parecerem tóxicos, os cogumelos até são comestíveis no estágio de ovo, com alguns países considerando o fungo Mucilaginous uma iguaria.

No entanto, ninguém realmente sabe muito sobre comer ingerir o cogumelo, pois é suspeito de causar eczema – uma infecção grave na pele – convulsões e câncer. Ou seja, não é recomendável dar uma mordida nesse cogumelo um tanto quanto esquisito. Você teria coragem?

[ metro ] [ Fotos: Reprodução / metro ]

Jornal Ciência