Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Meteorito de mais de 30 toneladas é descoberto na Argentina

de Merelyn Cerqueira 0

Um meteorito de mais de 30 toneladas foi descoberto na semana passada em uma área chamada Campo del Cielo, na Argentina, próxima à fronteira entre as províncias de Chaco e Santiago del Estero, por uma equipe de cientistas da Asociación Astronómica del Chaco, de acordo com informação do portal de notícias La Nacion.

Apelidado de “Gancedo meteorito”, ele esteve enterrado em uma profundidade de cerca de 5 metros. Estima-se que a pedra possua uma largura de quase 2 metros e 30.800 quilos. No entanto, a equipe pretende calcular novamente essas medidas para confirmar oficialmente os dados, de acordo Mario Vesconi, presidente da associação.

meteorito-30-toneladas_02

A região em que foi encontrado é coberta por crateras resultantes de uma chuva de meteoros que ocorreu ali cerca de 4.000 anos atrás. A maior delas possui 115 metros de profundidade por 91 de abertura.

Segundo a IFLScience, muitos meios de comunicação locais descreveram a descoberta como “o segundo maior meteorito já encontrado”, embora ainda existam relatos, não confirmados, de um semelhante de 37 toneladas encontrado na mesma região anos atrás. Logo, a Argentina poderia estar abrigando dois dos maiores meteoritos do mundo.

Atualmente, o maior meteorito encontrado conhecido foi registrado na Namíbia. Apelidado como “Hoba”, ele possuía 66 toneladas e pode ter caído aqui na Terra cerca de 80.000 anos atrás. O potencial valor da descoberta ainda não foi discutido. No entanto, o político local Livio Gutierrez, descreveu o gigante objeto como um “marco” na Ciência e que poderia impulsionar o turismo na região.

[ IFL Science / Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / IFL Science / Daily Mail ]

Jornal Ciência