Há uma razão biológica para você não conseguir ver este ponto

de Julia Moretto 0

Nossa visão nos ajuda a processar o mundo à nossa volta, porém nem sempre ela é tão precisa quanto você imagina.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Estudos demonstram que, quando se trata da visão periférica, nosso cérebro tende a “preencher lacunas” e fazer suposições com base no que ele pensa que devemos ver, em vez de o que realmente está na nossa frente. Um exemplo é o episódio de AsapSCIENCE, que explora a razão biológica para este ponto desaparecer quando seguidas as instruções no vídeo.

Nós vemos coisas devido às células fotorreceptoras e à luz em nossas retinas. Ela se transforma em sinais elétricos que são enviados para nossos cérebros. Mas em um determinado ponto onde os nervos e os vasos sanguíneos se conectam aos nossos olhos, essas células estão em falta.

Assim, se a luz que ilumina uma imagem atinge sua retina em um ponto particular, o seu cérebro simplesmente preenche a lacuna e usa experiências passadas para descobrir o real significado. Mas no segundo truque, a AsapSCIENCE coloca uma linha atravessando a cruz e o ponto. De repente, seu cérebro começa a ver a linha como contínua, ignorando completamente o ponto.

Isso significa que a nossa visão tem que fazer suposições baseadas na aprendizagem, memória e expectativa. O fato de processarmos a informação de forma rápida para tomar decisões formou melhores reflexos e fez com que os nossos antepassados sobrevivessem aos predadores. Confira alguns vídeos e comprove você mesmo:

[ Science Alert ] [ Fotos: Reprodução / Science Alert ] 

Jornal Ciência