Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Britânico pode ter se tornado o primeiro paciente curado do HIV após tratamento inovador

de Julia Moretto 0

A ciência pode ter encontrado o primeiro portador do vírus HIV a ser curado na história. Um homem de 44 anos que não teve o nome identificado realizou um tratamento e não apresenta mais sinais do vírus no sangue.

O paciente é um assistente social britânico e recebeu uma vacina que ajuda a detectar células infectadas pelo HIV no sistema imunológico. Após ser aplicado, os especialistas aplicaram o medicamento Vorinostat, capaz de ativar as células que não são encontradas através do tratamento usual.

Ao detectar as células infectadas, o sistema imunológico eliminou todo o HIV, acabando com a chance de o vírus retornar. Pesquisadores de cinco Universidades do Reino Unido – Oxford, Cambridge, Imperial College London, University College London e King’s College London – realizaram essa terapia experimental no paciente.

A diferença entre o tratamento atual e o novo é que as terapias antirretrovirais têm como alvo as células T – células do sistema imunológico – que estão infectadas com o HIV, porém o tratamento não atinge as células latentes. Ou seja, o vírus ainda consegue se multiplicar.

“Esta terapia é projetada especificamente para limpar o corpo de todos os vírus do HIV, incluindo os dormentes”, disse a professora e médica Sarah Fidler, da Imperial College London ao jornal The Sunday Times.

“Este é o primeiro esforço sério para curar completamente o HIV”, contou Mark Samuels, diretor do Instituto Nacional de Pesquisas de Saúde do Reino Unido. “Estamos explorando a possibilidade real de curar o HIV. Isso é um desafio enorme e ainda estamos nos primeiros dias, mas o progresso já é notável”, completou.

O britânico foi o primeiro paciente a ter o teste realizado com sucesso – 50 pacientes ainda passarão pelo processo. Além disso, é preciso analisar se o HIV não está mais em seu sistema.

A ciência já foi capaz de curar um portador de HIV que passou por transplante de medula. Mas o britânico foi o primeiro a vencer a doença através de um tratamento medicinal sem a necessidade de intervenção cirúrgica.

Fonte: Yahoo / The Times Foto: Reprodução / The Times

Jornal Ciência