Tartaruga ameaçada de extinção é ferida por banhistas após pisotearem seu casco para tirar “a foto perfeita”

de Merelyn Cerqueira 0

Um espécime de tartaruga foi encontrado lutando por sua vida após ser arrastado do mar por turistas. Na tentativa de tirar “a foto perfeita”, o animal acabou sendo pisoteado por crianças e adultos. O caso aconteceu na praia de Havana, em Rmeileh, no Líbano.

Em uma das imagens, um homem é visto levantando a tartaruga grosseiramente apenas para registrar uma foto. Quando subiram em seu casco, ela acabou sofrendo ferimentos graves na cabeça. Em outra imagem, uma mulher auxilia uma criança a subir no casco do animal, o que também gera feriamentos.

tartaruga-pisoteada-para-tirar-selfie_01

Um grupo de proteção aos animais, o Animals Lebanon, informou que a tartaruga foi tratada por veterinários. Em um comunicado no Facebook eles escreveram: 


“Morrer por uma selfie? Essa tartaruga foi arrastada do mar, no sul das águas de Beirute, e foi usada por um grupo de pessoas apenas para tirarem selfies, sendo repetidamente atingida na cabeça. A Animals Lebanon está ajudando o Ministério da Agricultura e Defesa Civil para que essa criatura marinha não morra devido a crueldade desnecessária, evitável e ilegal. Os danos são evidentes – os golpes e traumas atingiram o topo de sua cabeça e cavidades nasais […]”.


O grupo afirmou que ainda espera por exames de raios-x para se certificarem de que não haja mais ferimentos e que os golpes não tenham afundado profundamente o crânio do animal. Eles ainda estão consultando o International Zoo Veterinary Group, para se certificar de que a tartaruga receba os cuidados necessários. 

No momento, ela está sendo tratada com antibióticos e foi colocada em uma piscina com água marinha, a fim de ajudar na sua recuperação.

tartaruga-pisoteada-para-tirar-selfie_02

Fonte: Mirror Foto: Reprodução / Mirror 

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Jornal Ciência