Médicos tiram selfie antes de cirurgia e paciente morre dias depois

de Gustavo Teixera 0

Médicos do Hospital Santa Maria della Misericordia, na cidade de Perugia, na Itália, tiraram uma selfie com o paciente enquanto se preparavam para uma cirurgia. Mas dias depois, o paciente morreu devido a complicações na cirurgia.

 

O paciente era o arquiteto italiano Gino Pucciarelli, de 48 anos, que fez uma cirurgia para reparar sua apneia do sono – condição que causa interrupção da respiração enquanto a pessoa dorme.

 

Após a cirurgia, Gino foi liberado, mas depois de uma semana, voltou ao hospital devido a complicações de seu quadro clínico e acabou falecendo.

 

Agora o advogado da família de Gino quer processar os 5 médicos do hospital por homicídio involuntário e negligência médica. Uma selfie feita pelos médicos vai ser usada como evidência no julgamento.

 

A apneia do sono ocorre devido à obstrução total ou parcial das vias aéreas enquanto a pessoa dorme. Muitas vezes, a pessoa que sofre de apneia do sono não percebe o problema, que apresenta sintomas como: despertar no meio da noite frequentemente, ronco ou respiração ruidosa e cansaço ao acordar mesmo tendo dormido por várias horas.

[ Mundo Conectado ] [ Fotos: Reprodução / Mundo Conectado ]

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Jornal Ciência