Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Turista sobrevive após cair 40 metros na tentativa de tirar a “foto perfeita” dando cambalhota em penhasco

de Redação Jornal Ciência 0

Um turista de 27 anos escapou por pouco da morte depois de conseguir sobreviver a uma queda de 40 metros enquanto tentava tirar a “selfie perfeita”.

Alvalino Kesanda foi até a Broken Beach, na costa sudoeste da ilha de Nusa Penida, Indonésia, para apreciar a paisagem no horizonte, acompanhado por um guia turístico.

Durante o passeio, Alvalino resolveu registrar “a foto perfeita” no topo da falésia, brincando de fazer uma cambalhota. A polícia informou que o turista pediu ao guia que registrasse 10 fotos.

No entanto, após tentar dar a cambalhota, acreditando que o risco resultaria em uma foto perfeita para as redes sociais, Alvalino escorregou e caiu do alto da falésia. Seu corpo caiu esticado na areia, causando ferimentos gravíssimos.

Mas, contrariando o que parecia óbvio, Alvalino conseguiu sobreviver, talvez ajudado pelo amortecimento que a areia pode ter exercido no impacto da queda.

“Recebemos a informação por volta das 10h00, onde testemunhas oculares, que acompanhavam os guias turísticos, viram a vítima cair após tentar tirar uma foto na borda do penhasco fazendo algumas piruetas e cambalhotas”, disse Gede Darmada, chefe das autoridades à imprensa.

O jornal Tribun Bali reportou que os bombeiros tiveram enorme dificuldade em chegar à vítima devido às ondas do mar que bloqueavam a entrada no local específico da queda. Somente às 13h00, quase 3 horas depois, os socorristas conseguiram chegar, quando a maré se tornou menos revolta.

O comissário-chefe da polícia de Nusa Penida, Gede Redastra, disse que a vítima da “foto perfeita” conseguia se mover, não tendo perdido o movimento das pernas, mas era incapaz de ficar em pé devido aos ferimentos.

Ele precisou ser retirado do local através de uma maca especial de imobilização. Alvalino está em tratamento intensivo no pronto-socorro da ilha. Às 16h21 todos os locais de atividades turísticas foram evacuados da praia Broken Beach.

Fonte(s): Unilad Imagem de Capa: Jornal Ciência Foto(s): Redes Sociais

Jornal Ciência