A nova “droga” cheirada nas baladas da Europa é algo comestível que até você já usou!

de Merelyn Cerqueira 0

Festas no estilo rave são bem conhecidas pelo consumo desenfreado de drogas. Embora estas proíbam o uso, as pessoas ainda conseguem burlar o sistema para entrar com entorpecentes – seja lá qual for ele. Afinal, quem vai questionar suas intenções ao tentar entrar com uma porção de chocolate em pó dentro do bolso?

O cacau em pó, aparentemente, tem se tornado sensação entre os jovens, especialmente na Europa. A ideia, segundo informações da Super Interessante, apareceu há alguns anos em uma festa chamada Lucid, que ocorreu em Berlim, na Alemanha.

Na ocasião, todo e qualquer tipo de drogas, bem como chás herbais e pratos vegetarianos eram proibidos. A solução então foi o cacau.

Outra festa, a Morning Gloryville, também chegou a oferecer cacau em forma de pílulas, enquanto o chocolatier belga, Dominique Persoone, em 2007 criou um aparelho para cheirar chocolate que iria ser usado em uma festa com os Rolling Stones.

Mas afinal, qual o “barato” promovido pelo cacau?

Quem usa garante que o efeito é sutil, porém perceptível. Ele é traduzido por meio de uma sensação de paz, prazer e aumento de concentração.

No entanto, não pode ser garantido por qualquer achocolatado em pó vendido nos mercados, que são feitos com manteiga de cacau e açúcar e, portanto, são apenas 10% puros. Logo, é o cacau cru que eles estão usando.

A “mágica” por trás da suposta sensação ainda não foi exatamente esclarecida. Supõe-se que o psicoativo teobromina, bem como o triptofano, que está relacionado à produção de hormônios do bem-estar (serotonina), possam explicar a sensação.

Outro candidato é o composto feniletilamina, que é liberado pelo cérebro durante o orgasmo. No entanto, é bem provável que este seja quebrado no estômago antes mesmo de chegar ao cérebro. Além disso, o cacau possui teobromina, uma versão mais leve da cafeína.

É bem provável que a sensação produzida esteja mais relacionada com o consumo de chocolate, que por ser delicioso, libera endorfina no sangue, consequentemente promovendo calma e prazer.

O ponto positivo do consumo de cacau em pó é que provavelmente ninguém morrerá de overdose. Para que isso ocorra, uma pessoa de aproximadamente 70 kg deve consumir pelo menos 30 kg de chocolate puro ter algum tipo de superdosagem, o que não quer dizer que o uso da “nova droga” seja incentiva, de forma alguma.

Entretanto, verifica-se que o cacau em pó, na verdade, tem potencial para trabalhar no tratamento de asma e problemas respiratórios, e não exatamente como uma forma de combater o tédio na balada.

Fonte: Diário de Biologia Foto: Reprodução / Diário de Biologia

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.