Google e Levi’s lançarão a primeira “jaqueta inteligente” do mundo

de Merelyn Cerqueira 0

É justo dizer que a tecnologia “wearable” (vestível) ainda não emplacou realmente. Sabendo disso, a Google e a Levi’s se uniram para mudar essa questão.

 

As duas empresas planejam lançar em breve a primeira “jaqueta inteligente” do mundo que, seguindo o característico design da notória marca de jeans, é feita de um tecido condutor chamado “denim interativo”. A peça ainda traz presa à manga um dispositivo Bluetooth, de acordo com informações da Science Alert.

 

Em 2015 a Google já havia anunciado seus planos de fazer roupas inteligentes, e a jaqueta será a primeira peça de vestuário do mundo com tecnologia incorporada. A jaqueta só se tornou possível devido a pequenos circuitos eletrônicos presentes no tecido, que permitem a uma pequena área no lado da manga, composta de 15 fios condutores, ser sensível ao toque. Então, quando emparelhado com um pequeno dispositivo Bluethooth, aplicado à manga como uma abotoadura, os toques e gestos são detectados pelo denim interativo e transmitidos para o smartphone ou outro dispositivo conectado.

 

Considere que você esteja ouvindo uma música no celular e deseje mudar a faixa, ao invés de ter que revirar os bolsos à procura do aparelho, bastará deslizar o braço ou tocar a jaqueta para fazê-lo. Gestos semelhantes também poderão ser feitos para controlar o volume, responder ou recusar chamadas e interagir com recursos de navegação em um aplicativo GPS.

 

Planejado para ser lançado no final deste ano, o casaco deverá ser usado junto a um aplicativo que personalizará funções específicas e gestos. Ainda, removendo o dispositivo da manga, a jaqueta pode ser lavada normalmente, sem que os circuitos no tecido sejam danificados. Isso significa que a peça é completamente discreta e, em grande parte, indistinguível de qualquer outra.

O casaco poderia ser considerado um motor de vendas para a Google, e um grande passo na tecnologia wearable após o fracasso do Google Glass, que foi duramente criticado e ridicularizado. No começo, queríamos colocar uma tela sobre ela [a jaqueta], quanto maior, melhor”, disse o líder do grupo de Tecnologia e Produtos Avançados (ATAP) do Google, Ivan Poupyrev, em um painel da SXSW em Austin, no Texas.

 

No entanto, ele contou que a Levi’s recusou a ideia dizendo que não poderia haver algo do tipo em um casaco da marca. “Nós não fazemos isso. Nossos clientes são pessoas urbanas descoladas, e uma jaqueta com tela não é algo descolado”, disseram. Então, após ter adotado uma versão mais minimalista da tecnologia, as empresas entraram em um acordo para um produto moderno e tecnológico, mas que ao mesmo tempo valorizasse a estética e lavabilidade.

 

As empresas consideram que se o casaco, que custará cerca de 350 dólares (R$ 1.108), for um sucesso, em breve poderemos começar a ver esse mesmo tipo de tecnologia sendo desenvolvido para muitas outras peças de roupas. Contudo, não há garantias de que a peça emplaque, uma vez que a tecnologia wearable provou ser algo bastante difícil de “pegar”.

[ Science Alert ] [ Fotos: Reprodução / Science Alert ]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!