Espécie de molusco que libera tinta extremamente rara desapareceu do mar Mediterrâneo

de Gustavo Teixera 0

Utilizada pela nobreza e consagrada pelas palavras de Aristóteles, a púrpura tíria é uma tinta natural de coloração púrpura extraída de caramujos marinhos encontrados no Mar Mediterrâneo. Ela foi produzida pela primeira vez pelos fenícios.

 

Essa pigmentação incrível tem o poder de não desbotar, e ao contrário de outras pigmentações, fica mais forte com a luz solar.

molusco-mediterraneo_02

Mas agora, o molusco da espécie Stramonita haemastoma, cuja glândula hipobranquial é uma das principais fontes do pigmento roxo, parece ter desaparecido do mar Mediterrâneo sem deixar vestígios. Os resultados vêm de um novo levantamento da vida selvagem da costa israelense para a Nature. Junto com a notícia desse lendário molusco, descobriram que 38 das 59 espécies de moluscos documentadas na área também não estavam mais ali.

 

Os autores do estudo dizem que o desaparecimento e a situação mais ampla no Mediterrâneo oriental são resultados da “atual crise da biodiversidade” e do “Antropoceno” emergente, que é o período mais recente na história do Planeta Terra. O aquecimento global também pode ser um desses fatores. A temperatura da superfície do mar perto de Israel aumentou 2º Celsius entre 1750 e 2010. Compreensivelmente, uma mudança ecológica tão rápida pode estressar as espécies e desencadear declínios e colapsos de sua população.

 

O método para fazer o pigmento roxo envolve a fervura de milhares e milhares desses pequenos caracóis marinhos, incluindo outras espécies, como Bolinus brandaris e Hexaplex trunculus. Esse era o método de tingir utilizando esse pigmento, até que o químico William Henry Perkin, no século XIX, conseguiu sinteticamente fabricar o pigmento púrpura raro por acidente, de acordo com a instituição de pesquisa norte-americana, Smithsonian.

Esse é mais um indício de que o aquecimento global está modificando o nosso Planeta. Pouco a pouco, estamos caminhando para um mundo diferente do que conhecemos atualmente. Infelizmente, enquanto houver pessoas, políticos e governantes que não acreditem nos efeitos do aquecimento global, essa situação não irá mudar.

[ IFL Science ] [ Fotos: Reprodução / IFL Science ]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.