Doença severa, derivada de enfermidade comum, faz com que mãos se pareçam com “patas”

de Merelyn Cerqueira 0

Já ouviu falar em artrite mutilante? Trata-se de uma forma severa de artrite reumatoide, que provoca uma deformacao grave das mãos e pés, deixando-os semelhantes a patas de animais.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

A condição é considerada extremamente rara e afeta diretamente o osso e a cartilagem das articulações, destruindo-os completamente. Com informações do Diário de Biologia.

Na artrite mutilante, uma reabsorção óssea provoca a perda do material ósseo, levando a um colapso do tecido mole.

Logo, o principal sintoma da condição é a osteólise (destruição óssea), que leva a uma deformidade irreversível e perda de funções motoras.

Normalmente, a artrite mutilante afeta as mãos, destruindo de maneira progressiva as articulações dos dedos ou, em alguns casos, causando colapso telescópico.

Acredita-se que a condição esteja relacionada a psoríase – muito conhecida e de abrangência comum na população mundial –, uma doença autoimune que provoca inflamações na pele; ou artrite reumatoide, uma infamação crônica e sistêmica que afeta principalmente as articulações. 

Os tratamentos mais comuns envolvem o uso de corticosteroides, medicamentos biológicos para estimular a capacidade do sistema imunológico ou formas mais tópicas, que envolvem o uso de cremes e pomadas para alívio de dores. Em alguns casos, somente cirurgias podem aliviar os sintomas.

Fonte: Diário de Biologia Foto: Reprodução / Diário de Biologia

Jornal Ciência