Cientista criam ‘drone-morcego’ que pesa 93 gramas

de Otto Valverde 0

Engenheiros conseguiram criar uma nova máquina autônoma capaz de voar e realizar manobras semelhantes às de morcegos, de acordo com informações da ScienceMag.org.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Com apenas 93 gramas, a agilidade do robô vem de suas complexas asas feitas de silicone e esticadas sobre membranas finas feitas de fibras de carbono.

 

Com nove juntas em cada asa, ele possui também pernas ajustáveis que o ajudam a se orientar por meio da deformação da membrana de sua cauda. Algoritmos complexos coordenam esses componentes, permitindo que o Bat Bot faça movimentos de volta, mergulhos e decolagem.

 

Para os desafios futuros, que visam aprimorar o protótipo, os cientistas pensam em melhorar a vida útil da bateria utilizada e desenvolver componentes eletrônicos mais fortes para que o robô possa sobreviver às menores falhas.

 

Os engenheiros esperam ainda que o robô seja uma alternativa mais facilmente manuseável aos drones, e que possa ser utilizado na exploração de locais de risco e pesquisas de topografia.

 

Assista ao vídeo de teste do modelo:

[ The Verge / The Telegraph / ScienceMag ] [ Fotos: Reprodução / Science Smag ]

Jornal Ciência