Enquanto muitas das antigas tradições pagãs foram transformadas ou esquecidas pela sociedade moderna, algumas de fato marcaram a História. Se olharmos para as tradições praticadas hoje no Natal, por exemplo, podemos nos surpreender ao descobrir que os passatempos de hoje na verdade evoluíram de práticas bizarras e macabras.

Em alguns países onde essas tradições eram vigentes, o dia de Natal vinha acompanhado de terrores inimagináveis. Abaixo, em uma lista publicada originalmente pelo Atlas Obscura, você confere algumas das lendas mais estranhas, que envolvem a representação de fantasmas, bruxas, magia e especialmente monstros.

1 – Krampus

monstros-natalinos-que-apavoram-as-criancas_1

A lenda de São Nicolau, originária da Europa, é uma das mais conhecidas do mundo. Ela basicamente representa uma figura lendária que distribui presentes em todo mundo durante o Natal. No entanto, outras culturas sugeriam que ele trazia consigo um companheiro demoníaco chamado Krampus. Enquanto crianças boas recebiam os presentes de São Nicolau, Krampus tinha licença para bater impiedosamente nos mais travessos e enfiá-los em um saco com destino direto ao inferno.

 2 – Mari Lwyd

monstros-natalinos-que-apavoram-as-criancas_2

Tradição galesa, Mari Lwyd nada mais é do que um cavalo zumbi associado ao dia de Natal. Diz-se que ela vagueia pelas ruas na companhia de seus ajudantes mortos para lembrar as pessoas de sua existência. O zumbi cavalo tem apenas um objetivo em mente: entrar nas casas alheias. Para mantê-la fora, a pessoa basicamente deve se envolver em uma batalha de rimas. O perdedor, obviamente, não terá um destino muito agradável.

3 – La Befana e Baboushka

monstros-natalinos-que-apavoram-as-criancas_3

Na Itália, Rússia e em outras regiões do Leste da Europa, uma lenda envolvendo uma figura materna e digna de conto de fadas é dita punir os preguiçosos e recompensar os esforçados. Enquanto na Itália é conhecida como La Befana, na Rússia é chamada de Baboushka. A lenda conta que todo mês de janeiro, ela prepara as malas, pega sua vassoura e vai ao encontro de três reis que procuram pela chamada “Criança de Cristo”. Então, enquanto voa por cada uma das casas em seu caminho, La Befana, ou Baboushka, deixa presentes e biscoitos nas residências com crianças.

4 – Perchta

Na véspera de Ano Novo, Perchta vagueia pela Terra recompensado aqueles que trabalharam arduamente e foram generosos durante o ano. No entanto, aos preguiçosos e gananciosos a punição é dolorosa: envolve a abertura de estômagos para que ela possa arrancar com violência os intestinos, que serão substituídos por lixo, pedras ou palha.

A tradição do peru de Natal é, por vezes, relacionada a essa criatura, uma vez que é descrita com pés de aves, juntamente com a crença de que a gordura do animal permitia que as bruxas voassem.

5 – Straggele

monstros-natalinos-que-apavoram-as-criancas_4

Em muitas regiões da Europa, como a Suíça por exemplo, a Perchta, mencionada no item anterior, cavalga com uma multidão de ajudantes de aparência demoníaca – entre eles um conhecido como Straggele. Uma vez que os preguiçosos e gananciosos costumam receber punições, essa criatura monstruosa também costuma ajudar com isso, mas com sua própria versão de sofrimento “merecido”. E o castigo não é muito elaborado, ele basicamente sequestra as crianças más e as rasga em pedaços no ar.

6 – O Tomten

A criatura do folclore escandinavo possui certa semelhança com gnomos e costuma viver entre os mortos dentro de tumbas. Chamado de Tomten, ele age como protetor e ajudante da família até alguém irritá-lo.

monstros-natalinos-que-apavoram-as-criancas_5

Como tem um temperamento radical, diz-se que ele costuma conduzir as pessoas à loucura, por meio de truques e mordidas venenosas mortais. No entanto, para evitar que isso ocorra, os moradores são aconselhados a deixar comida na véspera de Natal para ele.

7 – Belsnickel

Em algumas comunidades da holandesas e alemãs nos EUA, diz-se que o Belsnickel aparece algumas semanas antes do dia de Natal, sujo e vestido em trapos e pele para punir as crianças que se comportaram mal durante o ano.

monstros-natalinos-que-apavoram-as-criancas_6

De acordo com um relatório publicado em 1872 em um jornal da Filadélfia, o monstro aparece vestido com peles ou roupas velhas, possui o rosto preto e carrega um sino e um chicote, bem como um bolso cheio de bolos e nozes. Os bolos, obviamente, são entregues às crianças que se comportaram, enquanto o chicote fica para as más. Durante o século 19, era comum foliões irem às ruas fantasiados de Belsnickel, eles comiam, bebiam, brincavam e vandalizavam a cidade.

8 – Père Fouettard

A primeira aparição de Père Fouettard foi registrada em 1150, quando ele e sua esposa atraíram um trio de crianças a um açougue para roubá-los. Fouettard teria cortado suas gargantas e destruído os corpos, colocando os restos mortais em um barril.

Então, quando São Nicolau descobriu o crime, ressuscitou as crianças e puniu Père Fouettard forçando-o a se tornar açougueiro em seu serviço eterno. A lenda conta que o vilão aparece ao lado de Nicolau para dar carvão e punir os que não se comportaram durante o ano.

9 – Gryla

Considerada uma das figuras mais famosas da Islândia associada ao Natal, a Gryla é um troll gigante que está sempre de péssimo humor devido à sua fome insaciável por crianças.

monstros-natalinos-que-apavoram-as-criancas_7

Em cada Natal, ela desce de sua moradia nas montanhas para caçar as crianças mais desobedientes. Então, ao encontrá-las, as coloca em um saco para arrastá-las de volta à montanha. Lá, elas são fervidas vivas como ingrediente de seu prato favorito. Apesar de apreciar o sabor das crianças mais impertinentes, a Gryla possui 13 filhos conhecidos como Yule Lads.

10 – Yule Lads

monstros-natalinos-que-apavoram-as-criancas_8

Muito parecidos com a versão da Disney dos anões da Branca de Neve, os Yule Lads são retratados como brincalhões, maliciosos, criminosos e mesquinhos. Diz-se que as crianças islandesas são visitadas nas 13 noites que antecedem o Natal por um Yule Lad diferente. Considerando que cada um possui uma personalidade distinta, elas estão sujeitas a uma série de visitas desagradáveis.

11 – Yule Cat

monstros-natalinos-que-apavoram-as-criancas_9

Além dos filhos, Gryla ainda tem um animal de estimação bizarro. Conhecido como o Yule Cat, a vida dele basicamente consiste em perseguir crianças e adultos. No entanto, ao contrário dos outros monstros natalinos, este não se preocupa com as más ações de uma pessoa durante o ano.

A ameaça do Yule Cat era utilizada por fazendeiros para fazer os trabalhadores terminarem de processar a lã antes do Natal. Quem o fazia de forma rápida era recompensado com roupas novas, enquanto os outros, seriam entregues ao felino gigante.

[ Atlas Obscura ] [ Fotos: Reprodução / Forwallpaper / Atlas Obscura ]

Jornal Ciência