Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Após acidente, menino de 7 anos vive normalmente graças a um crânio feito com impressão 3D

de Julia Moretto 0

Teddy Ward, de sete anos de idade, escorregou e caiu de um penhasco em Topanga Canyon, perto de Los Angeles.

O impacto que ocorreu quando ele tinha apenas cinco anos de idade esmagou o lado esquerdo de sua cabeça. A cirurgia realizada para substituir o crânio não foi bem-sucedida e ele foi enviado para casa com um capacete que deveria usar por 24 horas por dia. 

apos-acidente-menino-tem-cranio-reconstruido_02
Metade de seu crânio foi esmagado em uma queda há dois anos (retratado no hospital, à esquerda). Quando a cirurgia não conseguiu reparar o dano, ele foi mandado para casa com um capacete (à direita)

Atualmente ele está brincando como qualquer criança, graças a uma tecnologia que criou um crânio que imita perfeitamente o original. A novidade foi desenvolvida por médicos do Hospital Infantil de Los Angeles depois de anos de pesquisa para encontrar uma solução para Teddy.

apos-acidente-menino-tem-cranio-reconstruido_04
Este é um raio-x que mostra o impacto devastador que a queda de Teddy teve em sua cabeça.

O produto final, implantado cirurgicamente no início deste ano, foi feito a partir de um material chamado Polieter ou PEEK. Ele contém todas as características físicas do material de crânio real. “Conseguimos remontar cerca de 50% do cérebro d Teddy”, disse Dr. Mark Urata.

Agora, Teddy está de volta ao normal. “Nós somos sortudos e sabemos disso. Somos gratos aos criadores”, disse a mãe do garoto.

[ Daily Mail ] [ Foto: Reprodução / Daily Mail ] 

Jornal Ciência