Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

TOP 8 fatos interessantes sobre o clitóris

de Gustavo Teixera 0

Atualmente, a sociedade em geral fala de maneira mais aberta sobre sexualidade e corpo. Mas ainda assim, existem assuntos considerados tabus e muitas pessoas não conhecem o próprio corpo, incluindo os órgãos genitais.

O clitóris, que é uma parte ainda mais sofisticada e complexa, não poderia ser exceção. Você sabia que a palavra “clitóris” é de origem grega e está relacionada com a palavra “chave“? Não por menos, entender e conhecer o clitóris pode desbloquear sua vida sexual para sempre. Confira a seguir alguns fatos interessantes que vão te ajudar a compreender melhor o clitóris.

1 – O clitóris contém 8.000 terminações nervosas

Terminações nervosas têm captam e geram as sensações responsáveis pelo tato, temperatura e pressão. O pênis tem 4.000 delas, ou seja, o clitóris tem o dobro – o que torna bem mais sensível.

2 – O clitóris varia em tamanho e forma nas mulheres

É preciso tempo para conhecer o clitóris de uma mulher, pois nem todos são iguais, podendo variar de forma e tamanho, mas esse fato não altera seu funcionamento.

3 – O clitóris existe para dar prazer à mulher – e nada mais que isso

Dar prazer para mulher é o seu único propósito, ao contrário do que se pensa, ele não é relacionado à reprodução. 

4 – Um orgasmo no clitóris pode durar alguns segundos

Para ser mais preciso, ele pode durar de 10 a 30 segundos, gerando de 3 a 16 contrações. Mas isso não exclui o fato de que muitas mulheres têm orgasmos múltiplos que podem incluir mais contrações pélvicas.

5 – O clitóris tem algo em comum com o pênis

O clitóris e o pênis são os mesmos materiais montados de maneiras diferentes. O clitóris tem glande, prepúcio, tecido eréctil e um eixo muito pequeno. Todas essas as partes também estão no pênis. Além disso, o clitóris incha quando está excitado.

6 – O orgasmo clitoriano é mais fácil de atingir

Orgasmos sem envolvimento do clitóris existem, mas eles são muito mais difíceis para a maioria das mulheres do que um orgasmo clitoriano. Poucas mulheres são capazes de atingir um orgasmo sem qualquer tipo de estímulo do clitóris – é uma técnica que exige prática e conhecimento.

7 – O clitóris cresce ao longo da vida de uma mulher

Após a menopausa, o clitóris pode se tornar 2,5 vezes maior do que quando a mulher era uma adolescente.

8 – A maior parte do clitóris fica para dentro

Três quartos do clitóris estão escondidos dentro do corpo. Além de ser constituído pela cabeça e seu eixo, o clitóris também é composto de esponja uretral, tecido erétil, glândulas e bulbos. Apenas a cabeça do clitóris está localizada fora do corpo. É um tesouro enterrado.

[ The Huffington Post ] [ Foto: Reprodução / Pamela Madsen via The Huffington Post ]

Jornal Ciência