TOP 8 Benefícios que uma pequena caminhada pode proporcionar

de Merelyn Cerqueira 0

Você já deve saber que uma pequena caminha pode promover queima de calorias, ser boa para o coração e ainda ajudar o corpo a permanecer jovem. No entanto, pesquisadores e médicos descobriram que ela também pode reduzir o risco de Câncer de Mama, ajuda a proteger os ossos, melhorar a qualidade do sono e muito mais.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Abaixo você confere uma lista, originalmente publicada pela CNN, com os principais benefícios associados à prática moderada do exercício.

1 – Faz bem para o coração

Em um estudo realizado na Duke University Medical Center, pesquisadores descobriram que andar rapidamente por cerca de 30 minutos, todos os dias, reduz as chances de uma pessoa desenvolver Síndrome Metabólica, um conjunto de fatores de risco associados a doenças cardíacas, Diabetes e Derrame.

Ainda, um estudo britânico descobriu que o deslocamento ativo (caminhada ou ciclismo) está associado a uma redução de 11% no risco de doenças cardíacas, especialmente entre as mulheres.

2 – Reduz os riscos de Câncer de Mama

De acordo com um estudo publicado no Journal of the American Medical Association, mesmo que somente por algumas horas na semana, caminhar reduz significativamente o risco de Câncer de Mama. Acredita-se que o exercício ajude a reduzir o nível de gordura corporal, uma fonte de estrogênio.

A pesquisa em questão analisou 74.000 mulheres em pós-menopausa, entre idades de 50 e 79 anos, e descobriu que, aquelas com peso considerado normal tinham os riscos reduzidos em 30%, enquanto as que estavam acima do peso, em 10% a 20%. Mulheres mais jovens também obtiveram resultados semelhantes.

3 – Melhora a qualidade do sono

Uma rápida caminhada a tarde pode promover uma melhor noite de sono. Tal afirmação foi feita pela National Sleep Foundation. Especialistas argumentam que o exercício possa ajudar a aumentar os níveis de serotonina no copo, promovendo bem-estar e relaxamento. Ainda, o aumento da temperatura corporal causado pelo percurso andado pode sinalizar ao cérebro que diminua esse calor mais tarde, o que promove o sono.

A dica aqui é evitar andar duas horas antes de dormir para que o corpo tenha tempo para a arrefecer eficazmente.

4 – Reduz dores

Ao que tudo indica, uma caminhada regular pode ajudar a alinhar o corpo, pois envolve o movimento dos braços, ajudando a colocar menos pressão nas pernas. Isso significada uma redução nas dores e risco de lesões, bem como ajudará o corpo a se sentir melhor.

5 – Melhora o humor

Caminhar pode aliviar os sintomas de Depressão, Ansiedade e Estresse. Andar por apenas 30 minutos já pode fazer alguém se sentir melhor quando está de péssimo humor, segundo pesquisadores da Universidade do Texas. Ainda, andar por 90 minutos, cinco vezes por semana, melhorará ainda mais o seu humor. Uma explicação para isso é que o exercício ajuda as endorfinas do organismo a produzirem químicos associados ao bom-humor.

6 – Ajuda na manutenção do peso

Caminhar 30 minutos por dia pode prevenir o ganho de peso na maioria das pessoas fisicamente inativas, de acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Duke. Pesquisadores das universidades de Brown e Pittsburgh mostraram que mulheres que caminham durante uma hora, cinco dias por semana e consumiam 1.500 calorias por dia, conseguiram manter o peso por um ano inteiro.

7 – Ajuda a envelhecer com saúde

Estudos realizados com pessoas mais velhas mostraram que caminhar, mesmo que por 45 minutos por semana, pode ajudar a prevenir a doença de Alzheimer. Passeios regulares também já foram associados à saúde mental em idosos. Logo, independentemente da idade, a caminhada pode ajudar a manter a mente ativa, especialmente se você conversa enquanto anda, porque a fala é um tônico cerebral infalível.

8 – Protege os ossos

Caminhar 30 minutos por dia, três vezes por semana, pode ajudar a prevenir e tratar o enfraquecimento dos ossos. Como promove o uso de 95% dos músculos do corpo, ajuda a fortalecer a estrutura óssea.

[ CNN ] [ Foto: Reprodução / Wikipédia ]

Jornal Ciência