Pênis taxidermizado de baleia será leiloado por mais de R$ 22 mil

de Otto Valverde 0

O órgão de uma baleia cachalote que foi taxidermizado no final do século XIX poderá ser adquirido por US$ 6.000 dólares, algo superior a R$ 22 mil!

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

 

A responsável pela venda será a Sworders, uma casa de leilão do Reino Unido. Mark Wilkinson, um dos responsáveis pela venda, disse que ficou animado quando o objeto chegou à casa de leilão. Segundo ele, pertencia a um colecionador particular que não quis se identificar, mas que teve a posse do objeto por mais de 20 anos.

 

O pênis tem basicamente a minha altura”, disse Wilkinson. Ao total, o órgão possui 1,67 metro de altura e quase 30 centímetros de circunferência em algumas partes.

 

Devido ao processo de taxidermia, o órgão ficou extremamente leve, com apenas 8 kg, o que possibilitou Wilkinson levantá-lo para as fotos de divulgação do leilão.

Segundo ele, o órgão é leve porque é repleto de pelos em seu interior, recheado principalmente com crina de cavalo. Wilkinson ainda comentou um fato dos antigos navegantes europeus que, de acordo com os livros de História, usavam pênis de baleia, retirando seu interior para deixá-lo oco, guardando assim fumos e tabacos variados, para mantê-los frescos e úmidos.

 

Segundo a casa Sworders, este é o primeiro leilão do mundo de um pênis de baleia. Apesar disso, existe um exemplar em exposição no Museu Falológico Islandês, mas nunca esteve à venda.

[ Fonte: Atlas Obscuro ]

[ Fotos: Divulgação ]

Jornal Ciência