Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Mulher descobre tumor na boca após visitar dentista para tratar cáries

de Merelyn Cerqueira 0

Uma mulher de 27 anos, identificada apenas como Yoo, de Bangkok, na Tailândia, procurou um dentista reclamando de um desconforto em dois dos dentes da frente.

 A paciente pensou que teria cáries e que apenas precisaria de uma obturação, mas ela foi surpreendida ao ouvir do especialista que precisava procurar ajuda médica especializada em Seul, na Coreia do Sul. Exames de raios-X revelaram que ela tinha um tumor crescendo no lado esquerdo da mandíbula. No entanto, apesar de seis sessões de quimioterapia, ele continuou a crescer, desfigurando completamente o rosto da tailandesa.

jovem-descobre-tumor-01

De acordo com informações do jornal Daily Mail, o inchaço era tão grande e incomum que pessoas na internet a acusaram de ter manipulado as imagens em Photoshop. Ela rebateu as acusações com um vídeo, provando a todos que seu calvário era real. Na filmagem, ela conta que o câncer teria causado grandes estragos em sua vida e que estava desesperada para vencer a doença. “Eu só pensei que tinha um problema dental simples e que precisaria apenas de uma obturação ou canal”, disse. “Mas, quando o dentista não conseguiu consertá-lo, comecei a me preocupar. Fui para a Coreia do Sul consultar um especialista que fez as radiografias”.

jovem-descobre-tumor-02

“Foi um choque muito grande quando me disseram que tinha um câncer crescendo nos ossos ao redor da minha mandíbula”, disse ela. “Eu não sabia o que fazer”. Yoo, que costumava trabalhar como seringueira, não tinha condições de arcar com os custos do tratamento, por isso realizava as sessões de quimioterapia de forma esporádica. No entanto, ela conseguiu uma concessão especial do país que está cobrindo todos os gastos de seu tratamento.

Os médicos de disseram que, embora ela não possa passar por uma cirurgia, outras cinco sessões de quimioterapia poderão erradicar o câncer. Como se envergonha da aparência, costuma sair de casa usando máscaras ou chapéu, para evitar o julgamento das pessoas. Enquanto isso, espera ansiosamente voltar a ter uma vida normal.

Câncer de boca

De acordo com a Mayo Clinic, trata-se de uma forma de câncer em que um tumor se desenvolve no revestimento da boca, podendo ser na superfície da língua, interior das bochechas, céu da boca, lábios ou gengivas. Embora seja menos comum, o tumor também pode se desenvolver nas glândulas que produzem a saliva, amígdalas, na parte de trás da boca e na região da garganta que a liga até a traqueia.

É considerado o sexto tipo de câncer mais comum no mundo. A maioria dos pacientes possuem entre 50 e 74 anos, com apenas um em cada oito afetados sendo menor de 50 anos. O tratamento, muitas vezes, consiste em cirurgias de remoção de células cancerosas, bem como radioterapia e quimioterapia para matar os tumores.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]

Jornal Ciência