Há 20 anos homem vive isolado em uma ilha deserta

de Julia Moretto 0

David Glasheen de 73 anos, vive isolado na Ilha da Restauração, na Austrália, desde 1997. O homem, que vive com seu cão, diz sentir falta de conversas, mas que nunca esteve tão feliz em toda sua vida. Segundo o australiano, recebe bebidas e guloseimas de alguns turistas.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

“Eu adoraria encontrar alguma pessoa que quisesse morar aqui comigo”, contou David. “Ou algumas senhoras que queiram vir me visitar algumas vezes por ano. Viver em uma ilha deserta me deixa com um sentimento de liberdade incrível, mas me sinto um pouco solitário às vezes”.

homem-vive-em-ilha-deserta_2

Segundo ele, no momento em que viajou, estava cansado de dinheiro. “O dinheiro é o que faz as pessoas ficarem doentes, e meu casamento também estava arruinado”.

homem-vive-em-ilha-deserta_3

Antigamente David era empresário e magnata do ramo de imóveis. Tinha um patrimônio valendo cerca de US$ 28,4 milhões. Além disso, tinha sua própria empresa de mineração de ouro em Papua Nova Guiné. Depois que a bolsa de valores quebrou em 1987, ele perdeu sua fortuna.

De acordo com David, tudo começou depois que sua ex-esposa o abandonou. Tempos depois ele encontrou uma namorada que queria se mudar para uma ilha com ele. David então começou a realizar uma busca e ficou tão animado que resolver partir sem a amada.

homem-vive-em-ilha-deserta_4

A mudança não o deixou em isolamento total. Graças aos painéis solares e a um gerador, consegue acessar a internet. Ele gosta de assistir vídeos no YouTube e realiza viagens em seu barco para Cairns para fazer compras.

homem-vive-em-ilha-deserta_5

“O que mais amo sobre viver aqui é a natureza pacífica e o prazer que a liberdade lhe traz”, contou David. “Aqui é um lugar bonito em uma parte remota do país que a maioria das pessoas não conhece. Eu simplesmente amo isso”.

Fonte: The Sun Fotos: Reprodução / The Sun

Jornal Ciência