Estudo sugere que alumínio em antitranspirantes pode desencadear câncer de mama

de Merelyn Cerqueira 0

Um estudo realizado por cientistas em Genebra, na Suíça, sugeriu que, quando utilizados por um longo prazo, os sais de alumínio encontrado em alguns desodorantes poderiam causar o desenvolvimento de tumores mamários.

 

Os pesquisadores argumentam que a exposição prolongada ao cloreto de alumínio poderia provocar o aparecimento de tumores metastáticos, que se espalham para outras partes do corpo. Ainda, como estudos anteriores negaram tal ligação, os fabricantes insistem que seus produtos são seguros, de acordo com informações do jornal inglês Daily Mail.

 

Já para os cientistas da Universidade de Genebra, pode haver um risco aumentado devido à presença dos compostos em antitranspirantes, uma vez que são responsáveis por bloquear temporariamente as glândulas sudoríparas. No entanto, eles podem se acumular no tecido mamário e produzir efeitos similares aos do estrogênio.

 

De acordo com André-Pascal Sappino, coautor do estudo publicado no International Journal of Cancer, os cientistas testaram células mamárias humanas isoladas e cultivadas em laboratório e depois reproduziram as análises em camundongos. Logo, foi constatada que a exposição a longo prazo resultou em tumores metastáticos.

 

O pesquisador comparou o atual ceticismo das pessoas com o risco cancerígeno do amianto. “O amianto era barato e tinha muito potencial industrial. Levou 50 anos para conseguir sua proibição”, disse. “Esperamos que não leve tanto tempo para que os sais de alumínio sejam proibidos”.

 

Segundo o Professor Sappino, um oncologista entrevistado pelo jornal, embora nenhuma ligação formal tenha sido estabelecida, ele realmente aconselha as mulheres – e até mesmo homens – a evitarem o uso de desodorantes que contenham os sais.

 

No entanto, para a Dr.ª Sally Norton, consultora do NHS, os estudos até agora são inconclusivos e que “se o risco fosse de fato muito alto, já saberíamos sobre isso”. Ela sugeriu ainda que as pessoas não devem ficar alarmadas.

Contudo, os especialistas de fato sugerem que o uso de produtos químicos sobre nosso corpo – na casa ao qualquer outro ambiente – certamente pode causar efeitos nocivos e que devemos tentar reduzi-lo sempre que possível.

 

Para Baroness Delyth Morgan, chefe-executiva do programa Breast Cancer Now, o estudo deve ser visto com cautela. “Ele analisa especificamente as células cultivadas em laboratórios e ratos, então é preciso ainda colocar estas conclusões no contexto de pesquisas anteriores e olhar para o câncer de mama humano”.

 

Estudos que investigaram o uso de desodorantes e antitranspirantes em mulheres não têm mostrado consistentemente uma ligação evidente com o câncer de mama”, disse ela, acrescentando que com as evidências atuais não há nenhuma razão para que as mulheres se preocupem com o uso dos produtos.

 

Há, no entanto, maneiras comprovadas de reduzir o risco da doença, o que inclui a redução do consumo de álcool, manutenção de peso saudável e a prática regular de exercícios físicos”, concluiu.

[ Daily Mail ] [ Foto: Reprodução / Larabar ]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.