Cientista cria sobremesa feita de carne e chocolate e afirma que o sabor é “maravilhoso”

de Merelyn Cerqueira 0

A carne vermelha dificilmente será considerada um ingrediente ideal para alimentos que envolvam chocolate.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

 

Porém um cientista de alimentos na Nova Zelândia está disposto a apostar que sua nova receita, que é basicamente um bife de chocolate com grandes quantidades de proteína, se tornará um sucesso.

beef-chocolate2-600x403

A receita criada por Farouk Mustafa, um tecnólogo e especialista em alimentos, na Ag Research, foi em parceria com a fabricante de chocolates Devonport Chocolates. No entanto a peculiar ideia de combinar ambos os ingredientes veio do Dr. Farouk. Segundo ele, um dia, ao pesquisar métodos para agregar mais benefícios à carne, descobriu que a mistura seria uma maneira perfeita de fazer com que as pessoas consumissem proteínas e outros nutrientes da carne por meio do chocolate – uma sobremesa muito popular.

 

Assim, ele separou um corte bovino magro, mais especificamente da parte traseira, e transformou no que chamou de “manteiga de chocolate”, e entregou à Devonport Auckland para que usasse em seus confeitos. A combinação resultante, ao que tudo indica, tem uma consistência similar à de doces tradicionais turcos, enquanto que, para o cientista, o sabor da carne é praticamente imperceptível.

 

Em uma entrevista ao jornal New Zealand Herald, ele afirmou que o sabor do chocolate de carne era “maravilhoso”, acrescentando que as pessoas o consideraram como verdadeiras sobremesas, por mais que sejam 50% carne.  Sabíamos que poderíamos transformar a carne de diferentes formas, mas, se poderemos enganar as pessoas, fazendo com que pareça com chocolate é o que nós não sabemos”, disse Dr. Farouk. Ele ainda afirmou que é muito fácil mudar a textura da carne bovina a partir do chocolate para alguma sobremesa consistente, e que, até agora, recebeu feedbacks positivos sobre sua criação.

 

A carne de chocolate pode até ter começado como uma peculiar experiência, mas agora seu criador pretende torná-la comercialmente viável. “A Devonport está muito animada com isso, e é bem provável que façamos uma parceria para colocar esse produto no mercado”. O custo estimado, segundo ele, é de 17 dólares (cerca de 52 reais)por quilo, e para o varejo, quando transformada em pequenos cubos, US$2,50 (cerca de R$ 7,72) a unidade.

 

Agora, ele está experimentando outros tipos de carne, como de veado e cordeiro, para ver se são tão eficazes quando a bovina. No ano passado, ele também foi responsável pode criar um sorvete de carne, livre de produtos lácteos e que, segundo quem consumiu, era muito saboroso.

[ Oddity Central ] [ Fotos: Reprodução / Oddity Central ]

Jornal Ciência