Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Réplica bizarra de corpo humano impressa em 3D poderia ajudar a treinar futuros cirurgiões

de Merelyn Cerqueira 0

Uma réplica de um corpo humano impressa em 3D, foi criada a partir de tomografias de corações, pulmões e vasos sanguíneos de pacientes reais por pesquisadores da Inglaterra.

Capaz de simular um organismo humano real (os pulmões podem inflar e desinflar simulando os movimentos de respiração, por exemplo) o paciente 3D poderá proporcionar experiências práticas para treinamento de cirurgiões civis e militares, segundo informações do jornal inglês Daily Mail.

replica-humana-em-3d_2

O boneco foi modelado em um corpo “real”, criado a partir de uma combinação de silicone e fibras. Cada um de seus órgãos foram impressos usando tomografias reais, incluindo os vasos sanguíneos, enquanto o rosto também é modelado em uma forma completamente realista.

replica-humana-em-3d_3

Sangue artificial pode ser bombeado através do modelo, a fim de recriar a perda de sangue que ocorre quando os cirurgiões cortam um paciente, fornecendo-lhes a experiência de correr contra o relógio antes que uma pessoa sangre até a morte.

replica-humana-em-3d_5

O projeto foi desenvolvido por Richard Arm, um pesquisador da Nottingham Trent University, na Inglaterra, em uma tentativa de recriar o estresse e a sensação de cirurgias de emergência e trauma para médicos em formação.

replica-humana-em-3d_6

O objetivo é permitir aos cirurgiões estagiários um espaço psicológico para se prepararem para a vida real, utilizando ambientes imersivos e representações realistas da anatomia humana”, disse ele. “Os cirurgiões podem estar melhores preparados ao aperfeiçoarem suas habilidades cirúrgicas, melhorando os resultados pós-operatórios nos pacientes”.

replica-humana-em-3d_7
Réplica de um pulmão (retratado) que pode ser inflado e esvaziado.

O paciente impresso em 3D foi criado a partir de um projeto entre a escola de arte e design da Universidade, Royal Centre for Defence Medicine e Queen’s Medical Centre, em Nottingham.

replica-humana-em-3d_8
Órgãos como o coração foram produzidos com diferentes texturas para que se pareça com o órgão real.

Cada um dos órgãos foi manipulado de forma que tivesse a mesma sensação dos autênticos, de modo que até o coração tem níveis diferentes de textura. A pele exterior, por sua vez, pode ser cortada com um bisturi, além de poder ser selada para a realização de novas cirurgias.

replica-humana-em-3d_10
A pele exterior, por sua vez, pode ser cortada com um bisturi, além de poder ser selada para a realização de novas cirurgias.

Agora, novos testes serão conduzidos no protótipo para os pesquisadores analisarem o que pode ser melhorado. A equipe também planeja incluir outros órgãos mais realistas, como cérebro, olhos, estômago, fígado, pâncreas e rins, bem como todo o sistema vascular.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]

Jornal Ciência