Na Nigéria, mãe encontra três de seus filhos decapitados

de Gustavo Teixera 0

Três crianças foram decapitadas em um triplo assassinato na Nigéria e acredita-se que suas cabeças foram usadas rituais de magia negra. A mãe das crianças, Cecilia Emberga Agammbuee, descreveu o horror de ver seus corpos sem cabeça, e chamou a polícia para encontrar os responsáveis.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

As meninas Terdors e Sulumshima de 10 e 6 anos, respectivamente, além do menino Terna, de 8 anos, sofreram o terrível ataque no dia 30 de outubro na vila de Disol na área do governo local de Gasol, Estado de Taraba, que fica no centro-leste da Nigéria.

mae-decaptacao_02

Quando terminaram de nadar, eles decidiram buscar água para casa. Na volta, dois homens subitamente saíram de uma fazenda e pegaram um dos meus três filhos pelo pescoço. Enquanto outras crianças do grupo jogaram fora os baldes de água e fugiram, meus outros dois filhos decidiram lutar para resgatar o irmão. As crianças sobreviventes trouxeram a notícia”, relatou a mãe das crianças.

Imediatamente, meu marido, companheiros de aldeia e eu corremos para a cena do ataque, onde encontramos os corpos decapitados das três crianças. Foi horrível. Quando vi seus corpos sem cabeça, pensei que iria morrer. Outros itens foram encontrados na cena, incluindo um boné, substâncias que podem ser drogas e uma camisa manchada de sangue. Tive quatro filhos. Com três deles mortos, só me resta um”, completou.

David Misal – do Comando de Polícia do Estado de Taraba – confirmou que estão investigando, mas que nenhuma prisão foi feita ainda.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]

Jornal Ciência