Filhote de cachorro, atacado com cola industrial, é adotado após resgate e tem incrível superação

Imagens mostram Pascal encolhido numa mesa, mal conseguindo ficar em pé com os membros presos por cola seca

de Thuany Motta 0

Um filhote de cachorro ficou em estado lastimável depois de alguém tê-lo embebido em cola industrial na rua. Mas sua condição traumatizante foi o que impulsionou seus salvadores a lutarem por uma transformação.

Submisso e apavorado, acredita-se que o cachorrinho tinha cerca de 4 meses de idade quando chegou ao He’Art of Rescue International em Istambul, na Turquia, em 2017. Ele foi batizado de Pascal.

Em conversa com o site Epoch Times, a fundadora da instituição, Rima Nur, disse que quando viu Pascal pela primeira vez, ele parecia “uma estátua”. Nur acredita que Pascal foi alvo de vândalos. Ele foi inicialmente pego e levado para um abrigo público de Istambul, de onde a instituição o retirou imediatamente, reconhecendo a necessidade de agir rápido.

Imagens comoventes do resgate mostram Pascal encolhido numa mesa, mal conseguindo ficar em pé com os membros presos por cola seca. A equipe veterinária raspou Pascal para revelar a pele rosada e em carne viva sob a cola seca; o cachorrinho, nos primeiros estágios de recuperação, tinha um longo caminho pela frente.

Conforme sua pele e o trauma psicológico começaram a melhorar, o espírito de luta do filhote voltou. Sua história também se tornava viral. “Todo mundo quer segui-lo e ver o que está acontecendo”, disse Nur.

Eventualmente, Pascal mudou-se para uma local com outros cães para ser socializado. Sua transformação de um cachorrinho sem-teto abusado em um cão adulto forte foi quase completa. Então, veio um convite interessante.

Pascal, “famoso na internet” por superar sua provação impensável, foi convidado a aparecer no horário nobre da televisão espanhola. Nur aceitou em nome de Pascal para ser um representante de defesa animal na TV. O cão e seus tutores encontraram-se com a comediante e apresentadora de TV Dani Rovira em Madrid, que divulgou o fato de que Pascal ainda precisava de um lar definitivo.

“Naquela noite, nosso sistema travou completamente”, disse Nur. “Havia milhares de e-mails chegando. Foi uma sensação muito, muito boa, porque é tão bom saber que o mundo se importa, que as pessoas se importam.”

Ele logo encontrou seu lugar com uma família em Valência, na Espanha.

Nur disse que, quando fundou esta instituição de caridade era apenas ela no início, e começou a resgatar animais em seu país. Hoje, a He’Art of Rescue International tem sede em Amsterdã (Holanda) e tem abrigos em todo o mundo. Embora Nur esteja ciente do fato de que eles não podem salvar todos os animais necessitados, ela implora que os outros se lembrem de que todo esforço conta.

“Depende de nós, cada um de nós, tomar as medidas que pudermos, todos nós podemos fazer algo por um mundo melhor. Estamos aproveitando todos os recursos [naturais], certo? Portanto, temos que retribuir algo; temos que proteger o mundo e cada ser no mundo, então é isso que me motiva”.

Fonte: Epoch Times Fotos: Reprodução / He’Art of Rescue International

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!