Cientista usa olho de porco para mostrar por que você nunca deve olhar diretamente para o Sol

de Merelyn Cerqueira 0

Na próxima semana, Mercúrio, menor planeta do Sistema Solar, passará entre a Terra e o Sol. Obviamente que esse fenômeno, que poderá ser observado em todas as partes do mundo, será sinônimo de atração para astrônomos tanto quanto para amadores. Contudo, após realizar um experimento com o olho de um porco, o astrônomo e apresentador de TV, Mark Thompson, alertou para os perigos de olhar diretamente para o Sol, especialmente quando usamos um telescópio.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Para destacar esses perigos, Thompson produziu um vídeo em que mostra exatamente o que pode acontecer quando um sistema óptico (representado pelo olho do porco) olha diretamente para uma bola ofuscante como Sol (representada através da queima de um gás). Em apenas 20 segundos, o olho começa a apresentar sinais de que vai pegar fogo. Posteriormente, o astrônomo disseca o órgão para mostrar os efeitos: um buraco causado pelo calor, que chega a atravessar a córnea e a lente e grava uma mancha escura sobre a retina. “Parecia haver uma mancha marrom, perto do nervo óptico, possivelmente, danos do sol”, explicou ele no vídeo.

Para realizar esse experimento, Thompson usou um telescópio de 80 mm com uma ampliação de 50x. Ao comentar no vídeo sobre os efeitos sobre a córnea do olho, ele destaca o mau cheiro causado pela queima do tecido. “Se fosse um olho humano, certamente haveriam danos severos na visão. E é por isso que é uma péssima ideia olhar para o sol através da lente de um telescópio”, disse.

olho-de-porco_01

Apesar de ter sido realizado de forma simples, já que o olho não possuía pálpebra, filme lacrimal e até mesmo receptores de dor – algo que aconteceria se a pessoa ou animal estivessem vivos – o experimento serviu para demonstrar os danos que a luz solar pode causar em alguém que esteja altamente focado nela. Neste caso ele é causado por luz infravermelha, da mesma forma que acontece quando direcionamos a luz solar através de uma lupa para algum papel ou tecido.

De acordo com Associação Britânica de Astronomia (BAA), o Sol é um “objeto perigoso para se observar”. Em um artigo publicado, eles advertiram sobre os perigos. “Vendo-o através de qualquer instrumento óptico – até mesmo um par de binóculos ou através de uma luneta localizadora (finder scope), localizada na lateral do seu telescópio – pode causar cegueira instantânea e permanente”.

Mas, se você estiver interessado em observar o fenômeno proporcionado por Mercúrio, os membros do BAA aconselham que sejam utilizados filtros específicos, que são próprios para as lentes de telescópios e nunca tentar observar o Sol sem esse tipo de proteção.

[ Daily Mail ] [ Foto: Reprodução 

Jornal Ciência