Ex-soldado que perdeu rosto por choque de 10.000 volts, mostra resultado de transplante facial após 5 anos

de Merelyn Cerqueira 0

Mitch-Hunter-transplante-facial_01

Mitch Hunter, 35 anos, tinha apenas 21 quando seu rosto ficou deformado graças a um acidente de carro. Ao colidir com um poste ele acabou recebendo uma carga de cerca de 10 mil volts que devastou o seu corpo.

 

Hunter precisou passar por mais de 20 cirurgias de enxertos de pele e ainda assim demonstrava uma aparência desfigurada. Assim, em 2011, ele se tornou um dos primeiros a receber um transplante de face, apenas 10 pessoas antes dele conseguiram passar pelo mesmo procedimento. Ele, que hoje é casado e pai, conseguiu recuperar as sensações da pele do rosto e até cultivou uma barba.

 

O acidente de 15 anos atrás que lhe deixou desfigurado aconteceu em uma estrada na Carolina do Norte, Estados Unidos. No carro estava Hunter, a namorada, que estava dirigindo, e um amigo. Quando ela perdeu o controle do volante, eles acabaram colidindo com um poste. O ex-soldado ainda conseguiu salvar a vida dela ao empurrá-la para longe da corrente elétrica. Contudo, uma força quase letal de energia subiu de seu pé, passando pelo corpo e rosto. Em questão de cerca de cinco minutos ele já estava irreconhecível.

Em entrevista para a WISHTV8, Hunter contou que apesar de ter passado por mais de 20 cirurgias corretivas – entre enxertos colocados nas pernas, braços e costas – as crianças ainda gritavam quando o viam na rua. Sendo assim, em uma tentativa desesperada de recuperar alguma parte da normalidade de sua vida, em 2011 se submeteu ao transplante para conseguir melhorar sua qualidade de vida. Cinco anos depois, agora com 35 anos, ele se manifestou para descrever sua incrível recuperação.

Mitch-Hunter-transplante-facial_02
Após alguns meses o inchaço começou a diminuir e o rosto ganhou os verdadeiros contornos.

Me sinto tão saudável como quando eu tinha 21 anos. Me sinto ótimo“, disse ele. “Quero dizer, sim, eu gostaria de ter a minha perna e meu rosto de volta, mas se isso não tivesse acontecido eu não seria quem sou hoje”, completou. No início, ele e sua namorada tentaram simplesmente continuar com suas vidas. Porém, eventualmente, Hunter decidiu que não era o suficiente. Isso porque sua namorada Katarina ficou grávida, e ele não podia imaginar seu próprio filho com medo de seu rosto. Sendo assim, ele decidiu buscar novas inovações no mundo da Medicina.

À época, haviam apenas dois transplantes de rosto bem-sucedidos nos Estados Unidos e 10 no mundo. Após uma série de testes, o Boston’s Brigham & Women’s Hospital deu a Hunter sinal verde para seguir em frente com o transplante para procurar um doador. Foi necessária uma equipe de 30 médicos que trabalharam por mais de 14 horas para anexar plenamente o novo rosto. A operação acabou por substituir o nariz, pálpebras, lábios, músculos e nervos faciais que lhe proporcionaria de volta a sensação da face. Demorou cerca de cinco meses para o inchaço diminuir e os verdadeiros traços de suas características faciais começarem a surgir.

O aspecto atual de Mitch.
O aspecto atual de Mitch.

Hoje, cinco anos depois da cirurgia, ele conseguiu deixar crescer a barba, e os traços menores de deformação em torno de seus olhos são bem menos visíveis. “É muito mais fácil de sair em público” admitiu. “Calor, frio, dor, cócegas, esfregar minha barba, alguém beijando meu rosto – eu posso sentir tudo isso!”, disse ele.

“Eu gostaria de dizer às pessoas para não se preocuparem com as pequenas coisas e viver a vida, porque você nunca sabe quando isso tudo pode ser tirado”, completou.

[ Daily Mail ] [ Foto: Reprodução / Daily Mail ]