Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

TOP 9 sinais de que você tem déficit de atenção e não tinha percebido

de Gustavo Teixera 0

O transtorno de atenção e hiperatividade é muito discutido quando se trata de crianças, mas o que muitos não sabem é que esse transtorno também é corriqueiro em adultos.

Portanto, para ajudar, confira essa lista para conhecer 10 sinais desse transtorno. Vale ressaltar que para qualquer caso, é sempre indicado ir a um médico para assim obter um diagnóstico completo.

1 – Você tem dificuldades para manter as coisas organizadas

É bastante comum que pessoas que sofram com o transtorno de atenção e hiperatividade tenham dificuldades em manter as coisas organizadas. 

Se isso depender exclusivamente delas, é muito difícil ver coisas como casas, escritórios ou mesas perfeitamente organizadas.

2 – Você sempre teve dificuldades de administrar seus sentimentos

O transtorno de atenção e hiperatividade afeta a vida pessoal das pessoas que sofrem desta condição, pois gera dificuldade de lidar com os sentimentos, como raiva ou frustração.

3 – Você é hiperativo ou inquieto

A hiperatividade é um sintoma comum das pessoas que sofrem de transtorno. Isso significa que se você também é bastante energético, esse é mais um sinal. O sentimento de inquietação, tendência a assumir riscos e a se entediar facilmente podem ser consequências desse sintoma.

4 – Sempre sofreu com atrasos

A soma da falta de atenção, com a procrastinação e a subestimação do tempo certamente resultam em atrasos.

5 – Você tem dificuldade de se concentrar

Outro sinal dessa condição é a dificuldade de se manter concentrado em uma atividade que não lhe interessa.

6 – Você tem esquecimentos constantes

O esquecimento também é comum em pessoas com o transtorno, e pode prejudicar quem tem défice de atenção principalmente quando se precisa se lembrar de tarefas, compromissos e prazos.

7 – Você consegue continuar quando o assunto lhe interessa

O foco extremo é uma espécie de compensação do seu cérebro que ocorre quando você está fazendo uma atividade de seu interesse.

8 – Você tende a ser estressado e pessimista

O estresse e o pessimismo são consequências da má administração dos sentimentos.

9 – Você é o mestre da procrastinação

A procrastinação também é um sintoma desse transtorno, pois o seu déficit impede de fazer tudo o que você deveria dentro dos prazos.

Fonte: HelpGuide Fotos: Reprodução / HelpGuide

Jornal Ciência