Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Mergulhadores encontram bizarra criatura no mar da Nova Zelândia

de Otto Valverde 0

Mergulhadores encontraram uma estranha criatura ao realizar um mergulho próximo da White Island – um vulcão ainda ativo no meio do oceano na Nova Zelândia.

Steve Hathaway, de 56 anos, e Andrew Buttle, de 48, encontraram o que os especialistas chamam de salpa – um tipo de vida marinha que possui forma muito semelhante à de uma biruta, aquele famoso instrumento meteorológico para medir a direção dos ventos.

Uma salpa, na verdade, é formada por centenas ou até milhares de indivíduos que se juntam em um “único corpo gelatinoso”, movendo-se de forma a bombear água através de seus corpos, filtrando a água ao mesmo tempo para reter plânctons, sendo este o único alimento utilizado para sobrevivência.

As salpas podem ser encontradas agrupadas formando um “imenso corpo único” ou isoladas.

Quando isoladas, geralmente estão mais próximas da superfície e, quando agrupadas, em regiões profundas. A reprodução é assexuada.

Nas imagens, podemos ver uma salsa de 8 metros de comprimento, em uma profundidade de 10 metros.

Em entrevista ao britânico The Sun, Andrew falou sobre sua experiência: “Nunca tinha visto uma pessoalmente. Eu fiquei bem incrédulo que tal criatura existisse mesmo. Foi fantástico ficar tão perto e passar tanto tempo ao lado dela”, concluiu.

Veja abaixo o vídeo registrado pela dupla de mergulhadores:

Fonte: The Sun / Cartes Clip Fotos: Reprodução / The Sun

Jornal Ciência