Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Fábrica da Coca-Cola é fechada por conta de “resíduos humanos” nas latas

de Merelyn Cerqueira 0

A polícia da Irlanda do Norte (PSNI) deu início a uma investigação após descobrir o que parecia resíduos humanos em um carregamento de latas de refrigerantes oriundos de uma fábrica da Coca-Cola em Lisburn, no condado de Antrim, de acordo com informações do jornal Belfast Telegraph. A multinacional afirmou que está investigando o assunto junto à PSNI.

O turno da noite na fábrica da Coca-Cola em questão foi interrompido na semana passada quando latas de um carregamento que possivelmente vieram da Alemanha apresentaram resquícios de dejetos humanos. 

“Foi absolutamente horrível, e as máquinas tiveram que ser desligadas por cerca de 15 horas para serem limpas”, disse uma fonte.

“Foi incomum porque elas geralmente vêm de algum outro lugar no Reino Unido, mas desta vez vieram da Alemanha”.

O rumor, de acordo com a fonte, é que alguns imigrantes pobres poderiam ter entrado no caminhão que trazia a carga e no momento de desespero foram forçados a usar as latas ao invés do banheiro. 

“É realmente chocante”, disse a fonte. “Além do choque de encontrar algo bastante nojento nas latas há o pensamento de que poderia haver pessoas nessa situação. E se elas foram forçadas a embarcar nessa jornada, onde estão agora?”.

A fonte explicou ainda que as latas chegam à fábrica vazias e sem os tampos, uma vez que seriam cheias com a bebida na fábrica de Linsburn, para depois serem seladas e vendidas em toda a Irlanda do Norte.

“Isso é realmente chocante, e se as bebidas fossem parar nas lojas, poderiam ser extremamente perigosas para as pessoas”, disse Amanda Grehan, conselheira da Alliance. “A Coca-Cola é um grande negócio para a região e tenho certeza de que eles vão fazer todo o necessário para garantir que tudo seja resolvido”.

“É preocupante também se o caso realmente envolver imigrantes ilegais, embora ainda não tenhamos certeza sobre isso”, continuou. “Mas ao invés de condenar qualquer um que esteja nesta situação, acho que é mais importante ajudar e nos certificar de que eles estejam seguros”.

A investigação ainda está em fase inicial, por esse motivo, os detetives da PSNI ainda não forneceram maiores informações sobre o caso.

Já a Coca-Cola se pronunciou dizendo que leva a sério a segurança e qualidade de seus produtos. “Estamos cientes de um incidente envolvendo latas vazias em nossa fábrica em Lisburn”, disseram. “Estamos levando o assunto extremamente a sério e conduzindo uma investigação completa em cooperação com a PSNI”.

“O problema foi identificado de imediato por meio de nossos robustos procedimentos de qualidade e todo o produto afetado foi imediatamente apreendido e não será vendido, trata-se de um incidente isolado e não afeta nenhum produto atualmente à venda.”

Fonte: Mirror / Belfast Telegraph / The Sun Foto: Reprodução / Belfast Telegraph

Jornal Ciência