11 milhões de brasileiros acreditam que a Terra é plana, diz pesquisa

de Redação Jornal Ciência 0

O instituto Datafolha fez um levantamento que deixou muitos surpresos com os resultados. 

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Apesar do que muitos imaginam, o conceito de Terra plana — que acredita que o nosso planeta não tem forma esférica ou geoide, mas sim formato plano, como um disco ou pizza — está ganhando cada dia mais adeptos no mundo, com grupos no Facebook que ultrapassam centenas de milhares de pessoas.

No Brasil, a coisa não é diferente. De acordo com o levantamento, 7% dos brasileiros acreditam que o formato da Terra é de disco e não de esfera, contrariando tudo o que a ciência conhece há séculos. 

A pesquisa feita pelo instituto entrevistou 2.086 pessoas com idade superior a 16 anos. Ao total, foram 103 cidades brasileiras.

Em termos estatísticos, isso significa que 11 milhões de pessoas no Brasil acreditam no conceito de Terra plana, algo bastante chocante para os cientistas. A pesquisa mostrou também que a crença na Terra plana é inversamente proporcional à escolaridade.

Foto: Reprodução / Shutterstock

Isso, na prática, significa que quanto menos estudo uma pessoa tem, maior a chance de acreditar na teoria terraplanista. Entre os que acreditam na teoria, considerada absurda pelos cientistas, cerca de 10% não terminaram o ensino médio, mas 3% concluíram o ensino superior.

Você sabe o conceito de Terra plana?

Aqui no Jornal Ciência já publicamos algumas matérias sobre a teoria que afirma que, fomos enganados por décadas através de falsos dados e fotos manipuladas pelas agências espaciais. 

Os defensores da teoria, acreditam que a Terra nunca teve formato esférico e estamos vivendo em cima de uma “gigantesca bolacha plana”

Eles ainda acreditam que o Sol e a Lua são corpos celestes muito menores do que a NASA e os astrônomos afirmam, e tendem a acreditar que os dados liberados são sempre manipulados.

De acordo com os “terraplanistas”, esta seria a forma como o Sol e a Lua realizariam seus movimentos na grande “pizza”. 

Onde ficaria a Antártica?

Segundo os “terraplanistas”, o continente gelado fica nas bordas desse imenso “disco” e não existe polo sul ou polo norte, como sempre aprendemos nas aulas de ciência. 

Como “prova” da teoria, os defensores acreditam que o Tratado da Antártica — que foi firmado para impedir que turistas possam se aventurar livremente no continente de gelo — seja a grande prova que mostra que existe uma conspiração há décadas para impedir que todos da Terra saibam a “verdade”.

O tratado foi assinado dia 1 de dezembro de 1959 por vários países que exigiam a posse do continente. 

Então, todos concordaram em suspender por tempo indeterminado a tentativa de posse, mas permite o estudo e exploração científica no continente, através do regime de cooperação internacional.

Para quem acredita que a Terra é plana, esse tratado seria uma grande farsa apenas para impedir que pessoas com pensamento próprio pudessem chegar até a “borda” do planeta e provar que a terra tem um “limite” — algo facilmente desmascarado pela ciência.

Imagens: Reprodução / Shutterstock

Jornal Ciência