Vaza vídeo que mostra agentes da KGB examinando alienígena mumificado há 13.000 anos no Egito, de acordo com teóricos da conspiração

de Merelyn Cerqueira 0

agentes-da-KGB-encontrando-alienigenas-no-Egito

Um antigo vídeo obtido por uma fonte russa convenientemente não identificada, de acordo com o jornal inglês Daily Mail, mostra agentes da KGB – agência de serviço secreto da antiga URSS – examinando o corpo de um suposto alienígena de 13.000 anos de idade encontrado no deserto egípcio. De acordo com teóricos da conspiração, trata-se de um grande plano militar da URSS para garantir a dominação soviética durante o período da Guerra Fria.

 

Apesar de ser pouco provável que esse seja o caso, a história conta que os egípcios e babilônios afirmavam que foram visitados por alienígenas conhecidos como “antigos astronautas”, que os ajudaram na construção de estruturas como as pirâmides. 

 

Os soviéticos então, decidiram encontrar corpos mumificados desses extraterrestres, em uma tentativa de obterem segredos militares. Em uma operação nomeada como “ISIS” os egiptólogos da Academia Soviética de Ciências, saíram em busca dos restos mortais de tais criaturas. A múmia em questão, teria sido encontrada por uma equipe liderada por Sami Sharaf, à época um auxiliar muito próximo do presidente do Egito, Gamal Abdel Nasser.

agentes-da-KGB-encontrando-alienigenas-no-Egito_01

A filmagem foi obtida por um russo em meio a antigos arquivos da KGB. Nela, escavadores são vistos entrando na tumba sem qualquer vestuário de proteção, antes de serem engolfados por uma nuvem de poeira que subiu após a abertura do sarcófago. Em seguida, eles entram na câmara utilizando máscaras de gás e, de pronto, encontram o corpo que foi descrito como tendo “dois metros de altura”.

Segundo o cientista russo Viktor Ivanovich, ele próprio já teria visto uma série de documentos ultrassecretos que comprovam que a “Operação ISIS” não era um mito. “Não há dúvida de que um pequeno grupo de cientistas russos com peritos militares descobriu uma tumba no Egito em 1961. Mas, nos documentos, nunca foi revelado exatamente o que foi encontrado no interior do sarcófago. Somente através das fontes do mais alto escalão da KGB sabemos que encontraram restos de uma criatura alienígena que teria morrido no Egito há 10.000 anos antes de Cristo”.

[ Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]