Tabela periódica ganha quatro novos elementos permanentes

de Bruno Rizzato 0

Funcionários da União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC) confirmaram, no dia 30 de dezembro do ano passado, a descoberta dos elementos 113, 115, 117, e 118, anunciando que agora há provas suficientes para dar-lhes lugares permanentes na tabela periódica.

 

Isso significa que eles vão também precisar de novos nomes oficiais. Até então, eles são conhecidos como unúntrio (Uut, ou elemento 113), unumpêntio (Uup, ou elemento 115), ununséptio (Uus, ou elemento 117) e ununóctio (Uuo, ou elemento 118).

 

Os elementos novos não são encontrados na natureza, só podem ser produzidos em laboratório.  Como eles decaem em questão de segundos, sua existência era difícil de ser confirmada.  “Por mais de sete anos, continuamos tentando identificar conclusivamente dados do elemento 113, mas nós nunca vimos outro evento. Persisti e ele aconteceu novamente”, disse Kosuke Morita do Grupo RIKEN, no Japão. Sua equipe confirmou a existência do elemento 113, ganhando os direitos de sua nomeação.

 

Os três elementos restantes, 115, 117 e 118, também irão receber novos nomes. Os pesquisadores que descobriram esses elementos sintéticos devem batizá-los nos próximos meses com um nome mitológico, de mineral, local, propriedade ou inclusive com o nome de um cientista.

 

“Agora que demonstramos conclusivamente a existência do elemento 113, pretendemos olhar para o território inexplorado do elemento 119 e além, com o objetivo de examinar as propriedades químicas dos elementos na sétima e na oitava linhas da tabela periódica”, concluiu Kosuke Morita.

[ Science Alert ] [ Foto: Reprodução /

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
error: Proibida a cópia sem autorização.