Homem paga mais de R$ 4 milhões em fotografia de uma batata

de Merelyn Cerqueira 0

Se você já se lamentou por ter gastado dinheiro com algo que, posteriormente, lhe pareceu uma péssima ideia, então você realmente não vai entender o que se passa na cabeça de um francês que pagou a gritante quantia de um milhão euros (mais de 4 milhões de reais) em uma fotografia de uma batata.

Jornal Ciência no seu WhatsApp

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número nos seus contatos. Você receberá notícias do Jornal Ciência diretamente no seu celular.

Isso mesmo, uma batata. No entanto, e para ser justa com o homem, não era “qualquer fotografia” de uma batata.

Era uma fotografia de uma batata clicada por ninguém menos do que o irlandês Kevin Abosh, o fotógrafo do momento e “queridinho” das celebridades, de acordo com o site Business Insider.

Kevin construiu sua fama por retratar os grandes figurões do Vale do Silício, como Sheryl Sandberg, Eric Schmidt, e Jack Dorsey. Alguns de seus cliques de outros famosos incluem Johnny Depp, Steven Spielberg, Dustin Hoffman, Dennis Hopper, e até mesmo a menina Malala Yousafzai.

fotografia-de-batata-vendida-por-milhoes_01
Kevin Abosch e sua famosa batata (Foto: Kevin Abosch)

Ao que tudo indica, o fotógrafo é obcecado por batatas, ele chegou a tirar diversas fotos do tubérculo em seu estúdio, todas com o característico fundo preto, que é sua marca registrada. Segundo informações publicadas pelo seu estúdio, o irlandês gosta de batatas porque, assim como as pessoas, elas são todas diferentes, mas igualmente identificáveis como sendo da mesma espécie”.

A fotografia em questão, que é uma das favoritas de Kevin, foi impressa em 162×162 cm, emoldurada e chamada de Potato #345 (2010), e estava exposta em seu estúdio fotográfico em Paris, quando foi descoberta pelo tal cliente.

Segundo o fotógrafo, essa não é a primeira vez que alguém compra uma de suas artes diretamente de sua parede. Nós estávamos tomando vinho e após duas taças, ele (o cliente) disse: ‘eu realmente gostei disso’. Quando estávamos no quarto copo ele resolveu que queria levá-la”, disse Abosh em uma entrevista para o The Sunday Times.

Outra batata por Kevin Abosch
Outra batata por Kevin Abosch.

E se está pensando que a culpa foi do vinho, você está engando. A generosa quantia de um milhão de euros foi definida duas semanas mais tarde, ou seja, o comprador ainda teve tempo de repensar a compra, algo que, como vimos, não aconteceu.

Fonte: Oddity Central / DN Foto: Divulgação

Jornal Ciência