Para cima ou para baixo? Patente de 124 anos diz maneira correta pendurar papel higiênico. Você sempre usou errado?

de Merelyn Cerqueira 0

Dizem que no mundo existem apenas dois tipos de pessoas: as que posicionam o rolo de papel higiênico para cima e as que o colocam para baixo. Esse argumento tem causado discórdia em todo o mundo desde que o papel foi inventado.

 

Na internet é possível encontrar diversas pesquisas e votações que se dedicam a descobrir qual a preferência geral da orientação do papel, e o assunto ainda tem sua própria página na Wikipedia.

 

Há quem diga que colocá-lo para cima reduz o risco de transferência de germes, enquanto tem quem argumente que para baixo fica mais difícil para um animal de estimação estragar o rolo. Mas, qual será o jeito correto de usar o rolo de papel?

 

A imagem de uma patente de papel higiênico criada em 22 de dezembro 1891 ofereceu uma resposta oficial – e aparentemente definitiva – para esta questão.

A imagem foi descoberta pelo jornalista Owen Willians, da The Huffington Post, e compartilhada com o mundo em 2015. Ela mostra o design do primeiro papel higiênico perfurado do mundo, feito pelas mãos do inventor Seth Wheeler. Basicamente, ele ilustrou sua criação com a folha na parte de cima do rolo.

 

No banco de dados de patentes do Google também é possível ver uma série de diagramas com o papel higiênico orientado da mesma forma.

 

A ideia do papel higiênico perfurado foi originalmente patenteada pela empresa de Wheeler, Albany Perforated Wrapping Paper Company em 1871, e depois re-patenteada em forma de rolo em 1891, como uma forma de evitar o desperdício.

 

Desde o advento dos rolos de papel, muitos dispositivos projetados para evitar o desperdício foram patenteados, mas todo o esforço nessa direção foi separado do rolo – ou seja, na construção de suportes capazes de impedir o livre desenrolamento do papel, fazendo com que as folhas se separem individualmente em seus pontos de conexão”, escreveu Wheeler em sua patente.

Meu rolo melhorado pode ser usado nos suportes mais simples”, concluiu.

 

Então, agora que você já sabe a verdade nas palavras (e ilustrações) do próprio inventor, pendure seu papel de acordo com a forma que é a mais “correta”.

[ Science Alert ] [ Foto: Reprodução / FreeStock ]

deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado

Você pode usar tags e atributos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>