Vídeo registra emocionante reencontro de elefantes separados

de Merelyn Cerqueira 0

Jornal Ciência no seu WhatsApp

 

Clique aqui (61) 98302-6534, mande “olá” e salve nosso número. Você receberá primeiro as notícias do Jornal Ciência em seu celular.

Durante o final da década de 1970, no Texas, EUA, os elefantes Shirley e Jenny faziam parte do circo Carson & Barnes Circus.

Enquanto Jenny era apenas um filhote, Shirley, à época, já tinha cerca de 20 anos. Após sofrer uma lesão na perna, Shirley foi enviada para um zoológico em Louisiana, longe de Jenny, onde ficou por 22 anos. Como os elefantes, especialmente fêmeas, sentem necessidade de socializar com a espécie, ela foi transferida para um santuário de elefantes localizado no Tennessee.

elefantes-reencontro_02

Enquanto o novo lar promoveria um maior espaço para o animal ficar livre, o tratador de Shirley, que cuidou dela em Louisiana, disse que sentiria falta de sua companhia. “Sentirei falta, mas ela é livre agora. Não sei quem foi o primeiro a lhe colocar uma corrente, mas estou feliz em saber que serei o último a tirá-la”, disse.

No entanto, o elefante ainda receberia outra surpresa. Quando chegou ao santuário, acabou encontrando sua companheira. Mesmo após 22 anos separadas, a conexão foi instantânea. Ainda em gaiolas, elas foram capazes de se reconhecer e se emaranhar entre as barras de metal para ficaram mais próximas.

Segundo Carol Buckley, funcionária do santuário, os animais logo se tornaram inseparáveis. “Havia uma certa urgência no comportamento de Jenny”, explicou. “Ela queria ficar perto de Shirley. Enquanto estavam separadas pelas grandes, ficou agitada, batendo na porta e tentando subir”.

Então, quando foram acalmadas e soltas, começaram a passar todos os dias juntas. “Este relacionamento é intenso e se assemelha ao de uma mãe e filha”, contou Buckley

[ Daily Mail ] [ Foto Reprodução / Daily Mail ]

Jornal Ciência